José Dirceu foi contratado em hotel de Brasília por R$ 20 mil mensais

Fachada do Hotel San Peter, onde o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu foi contratado como gerente administrativo;

Fachada do Hotel San Peter, onde o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu foi contratado como gerente administrativo;

Fernanda Calgaro, no UOL

Carteira de trabalho do ex-ministro José Dirceu em hotel em Brasília. O salário será de R$ 20 mil

Carteira de trabalho do ex-ministro José Dirceu em hotel em Brasília. O salário será de R$ 20 mil

O ex-ministro José Dirceu, preso devido à condenação no processo do mensalão, foi contratado pelo hotel S Peter, em Brasília, como gerente administrativo, por um salário de R$ 20 mil. A carteira de trabalho dele foi assinada no último dia 22.

Dirceu cumpre pena de 7 anos e 11 meses por corrupção ativa no regime semiaberto, o que lhe dá direito a sair durante o dia para trabalhar. A defesa dele entrou, então, com pedido no STF (Supremo Tribunal Federal) para que ele possa trabalhar durante o dia.

Os documentos de contratação de Dirceu constam do pedido entregue ao STF, disponível no andamento eletrônico do processo.

No pedido, a defesa ressalta que Dirceu “preenche todos os requisitos necessários para que lhe seja deferida a possibilidade trabalho externo. Além de estar cumprindo pena em regime no qual se admite tal medida, o requerente possui toda sua documentação pessoal em ordem”, além de possuir “proposta concreta de trabalho”, exigência legal para que seja concedido o benefício do trabalho externo. Diz que, inclusive, “já elaborou e assinou o competente contrato de trabalho e carimbou carteira de trabalho do requerente”.

O pedido feito ao tribunal destaca que consta do contrato de trabalho que o hotel está ciente quanto às restrições de horário de Dirceu, uma vez que precisará passar as noites na cadeia. Segundo o contrato, o horário de trabalho dele será das 8h às 17h, com almoço de uma hora, das 12h às 13h. Na ficha de solicitação de emprego, Dirceu diz que está se candidatando à vaga por “necessidade e por apreciar hotelaria e área administrativa”.

Preso em 15 de novembro junto com outros réus do processo, Dirceu candidatou-se à gerência do hotel brasiliense três dias depois, em 18 de novembro.

O estabelecimento fica na quadra 2 do Setor Hoteleiro Sul de Brasília, próximo à área central da capital, como a Esplanada dos Ministérios.

Dirceu também foi condenado a dois anos e 11 meses de prisão pelo crime de formação de quadrilha, mas, como teve quatro votos favoráveis em sua condenação, será julgado novamente pelo STF no ano que vem. No julgamento, o STF considerou que Dirceu era o chefe da quadrilha do mensalão.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for José Dirceu foi contratado em hotel de Brasília por R$ 20 mil mensais

2 Comentários

  1. sleiman disse:

    Pelo que José Dirceu fez pelo país, deveria ser condecorado, e não vilipendiado. Mas a história será menos algoz do que os alienados de hoje.

    Aproveito para fazer esta pergunta: as pessoas sabem o porquê de Roberto Jefferson ter perdido o mandato? Procurem saber e depois pesem as contradições.

  2. Antonio disse:

    Com certeza coisas de Brasil. Nós aqui de Brasília sabemos da fama do dono dono desse hotel. Um sujeito que compra várias pessoas para manter suas rádios irregulares por todo Brasil. Paulo de Masci Abreu Esse é mais um que deveria ser investigado pelos promotores. É evidente que irá tirar proveito de dessa situação do Zé Dirceu e nós pagaremos a conta. O dono do hotel vai fazer uma bela parceria com o Zé Dirceu e o PT porque ele é bonzinho.

Deixe o seu comentário