Padre faz anúncio na missa e fatura para obra de igreja

Ideia de fiéis já gerou R$ 3,5 mil para os cofres da paróquia. Donos de lojas festejam aumento de 10% nas vendas após a iniciativa

 Para mobilizar fiéis, Padre Renê colocou maquete do centro comunitário na porta da igreja, com propagandas do projeto Cupom Solidário (foto:  Alessandro Costa / Agência O Dia)


Para mobilizar fiéis, Padre Renê colocou maquete do centro comunitário na porta da igreja, com propagandas do projeto Cupom Solidário
(foto: Alessandro Costa / Agência O Dia)

Francisco Edson Alves, em O Dia

Rio – Um grupo de fiéis da Paróquia Cristo Redentor, em Laranjeiras, teve uma “santa” e inédita ideia para arrecadar dinheiro para a conclusão do Centro Comunitário Arnaldo Janssem, erguido ao lado da igreja. Com apoio do pároco Renê Oliveira, foi criado o projeto Cupom Solidário, em parceria com estabelecimentos comerciais da área. O objetivo é angariar pelo menos R$ 1,7 milhão para o término das obras.

“Já firmamos parcerias com a rede de Drogarias Imperial, Restaurante Varandas Gourmet e RR Gomes Hortifruti. Nas missas eu faço propaganda, recomendo que os fiéis deem preferência para esses estabelecimentos. Há também cartazes com os nomes das empresas patrocinadoras. Os cupons fiscais das despesas são depositados em urnas na igreja e recolhidos uma vez por mês. Ao apresentarmos os cupons aos empresários parceiros, eles nos repassam entre 2% e 5% do valor bruto consumido pelos fiéis”, detalhou o sacerdote.

A cada fim de semana,mais de mil pessoas frequentam as missas de Padre Renê, que assumiu a paróquia há cinco meses. De acordo com funcionários dos três estabelecimentos, desde julho os religiosos da Paróquia Cristo Redentor já desembolsaram aproximadamente R$ 300 mil no comércio indicado. Até agora, contando também com outras iniciativas, como rifas e bingos, mais de R$ 3,5 mil foram direto para os cofres da igreja.

Parceria caiu do céu

“Nossa intenção é expandir o número de parceiros e, consequentemente, obter mais recursos”, afirmou Padre Renê, adiantando que a meta é retomar as obras do centro comunitário em fevereiro ou março do próximo ano. “Aos poucos a nossa iniciativa está se firmando. No último mês contabilizamos quase quatro mil cupons nas urnas”, comentou o engenheiro Eudes Raposo, de 72 anos, um dos voluntários que participam do projeto.

Para os comerciantes, a parceria com a igreja caiu do céu. “O movimento de clientes subiu pelo menos 10% após a iniciativa. Estamos contentes em, de forma indireta, contribuirmos para a realização do belo projeto social”, diz o subgerente da RR Gomes Hortifruti, Jeferson Barbosa.

Centro será destinado a carentes

O empenho dos fiéis e do pároco Renê Oliveira é por uma causa nobre. O centro comunitário vai abrigar projetos voltados para a promoção humana e cidadania para crianças, jovens, adultos e idosos de duas comunidades carentes de Laranjeiras: Júlio Otoni e Coroados/Amapolo.

“Desenvolveremos programas de saúde, alfabetização, lazer, assistência jurídica, entre outros. Por isso esperamos contar também com a ajuda de profissionais que possam prestar serviços voluntários nessas áreas”, comentou Renê. Ele estima que as obras de acabamento ainda demorem pelo menos mais um ano.

Com quase dois mil metros quadrados de área construída, o centro comunitário tem três andares. No primeiro pavimento funcionará um salão e uma cozinha. No segundo, um auditório. Os projetos serão realizados no terceiro andar. No terraço haverá área de lazer com quadra e jardim de inverno.

dica do Ailsom Heringer

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Padre faz anúncio na missa e fatura para obra de igreja

Deixe o seu comentário