Americano é preso por extorsão com site de ‘pornografia de vingança’

Um homem de 27 anos foi preso nos Estados Unidos acusado de estar por trás de um site de “pornografia de vingança” – que publica fotos de atos sexuais sem a permissão dos envolvidos.

Publicado na BBC Brasil

120608112846_pornografia_telefono_movil_304x171_bbc_nocredit

Site publicava fotos de atos sexuais e depois cobrava para removê-las

O site UGotPosted também relacionava as fotos à página da vítima em redes sociais – fazendo com que as imagens pudessem ser imediatamente visualizadas por seus amigos na internet.

Os promotores disseram que o homem ganhava dinheiro extorquindo pessoas, ao cobrar uma taxa para que as fotos fossem retiradas do UGotPosted.

“O site publica fotos íntimas de vítimas insuspeitas e transforma a humilhação pública e traição em uma commodity com o potencial para arrasar vidas”, diz a promotora Kamala Harris, de São Francisco, no Estado da Califórnia.

“São predadores online que lucram com a extorção de fotos privadas serão investigados e indiciados por esta atividade lamentável e ilegal na internet”, acrescentou ela.

Facebook, Twitter e LinkedIn

O homem preso chama-se Kevin Bollaert. As autoridades dizem que ele era responsável também pelo endereço changemyreputation.com, que cobrava cerca de US$ 300 (R$ 700) para remover fotos do UGotPosted.

Documentos apresentados à Justiça revelam que ele teria lucrado “dezenas de milhares de dólares”. Mais de 10 mil imagens foram colocadas no site, divididas por localidade.

Algumas das páginas com fotos traziam links diretos para perfis das vítimas em Facebook, Twitter e LinkedIn, além de outros dados individuais.

Bollaert está preso em San Diego. Ele ainda não se declarou culpado ou inocente das acusações.

Os investigadores conseguiram permissão da Justiça para ler os e-mails enviados ao endereçougotposted@gmail.com, que administrava o serviço.

Lá foi possível detectar o caso de uma mulher que foi identificada apenas como “Jane Doe #6”. Ela disse que precisou abandonar o emprego, depois que fotos suas foram colocadas no site. Além disso, ela afirma que algumas das fotos suas teriam sido feitas quando ela ainda era menor de idade.

Outra vítima relatou ter recebido mais de cem mensagens de estranhos desde que sua foto apareceu no site.

‘Pornografia de vingança’

O UGotPosted é parte de um gênero de sites conhecidos como “pornografia de vingança”, geralmente usado por desafetos e ex-namorados. As autoridades têm dificuldades para combater essas atividades, pois muitas leis são consideradas ultrapassadas demais para lidar com o fenômeno.

Cada site é tratado de forma diferente pelos promotores. Um outro site semelhante, o isAnyoneUp.com, foi derrubado não por invasão de privacidade ou injúria, mas sim com a ajuda de leis de direitos autorais, já que muitas das fotos haviam sido feitas pelos usuários.

Contra o UGotPosted, os promotores indiciaram Bollaert por roubo de identidade e extorsão.

Em outubro, entrou em vigor na Califórnia uma lei que prevê prisão de até seis meses para quem publica na internet fotos indecentes de outras pessoas sem o consentimento delas.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Americano é preso por extorsão com site de ‘pornografia de vingança’

Deixe o seu comentário