Padarias de SP prometem boicote comercial caso Portuguesa caia

Comerciantes ameaçam boicotar empresas que patrocinam a Série A.
Será ‘sacanagem’ Lusa ser rebaixada no tapetão, diz presidente do Sindipan.

Darlan Alvarenga no G1

fup20131208474

Luis Ricardo, que jogou pela Portuguesa em
2013 (Leo Pinheiro/Futura Press)

Donos de padarias de São Paulo prometem promover um boicote comercial às empresas que patrocinam a Série A do Campeonato Brasileiro caso o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) decida pelo rebaixamento da equipe e pelo salvamento do Fluminense.

A ideia defendida por comerciantes-torcedores afiliados ao  Sindicato das Panificadoras de São Paulo (Sindipan) é que os estabelecimentos deixem de comprar produtos de empresas que patrocinam a CBF e o torneio nacional.

“Os donos de padaria estão organizando uma forma de boicote. É um movimento que está vindo de fora para dentro da entidade, só hoje recebi uns 20 telefonemas. O sindicato vai fazer aquilo que os associados quiserem fazer. Como presidente do sindicato não posso encampar isso, mas como dono de padaria vou boicotar, porque acho que será uma baita sacanagem a nossa Lusa ser rebaixada no tapetão”, disse ao G1 Antero José Pereira, presidente do Sindipan.

Questionado sobre quais empresas seriam boicotadas, Pereira disse que entre os setores afetados estaria o de bebidas mas que, neste momento, a  maior preocupação é protestar contra o que os torcedores da Portuguesa chama de “pré-julgamento”.

“O que queremos é que deixem a Lusa em paz na primeira divisão. Mas já estão condenando a Portuguesa antes mesmo de ter julgamento, só para colocar um clube que tem mais torcida”, protesta.

Ele afirma que um eventual boicote comercial pode reunir um grande número de padarias. Na Grande São Paulo são 6 mil padarias e, pelo nosso último levantamento, 70% delas estão nas mãos de portugueses ou luso-descendentes”, diz o presidente do Sindipan, que é português e conselheiro da Portuguesa.

Em nota oficial divulgada na quinta-feira (12), o Sindipan defende a permanência da Portuguesa na primeira divisão, mas não fala sobre qualquer ameaça de boicote.

“A panificação de São Paulo e do Brasil apoia a Portuguesa em sua permanência na primeira divisão do Campeonato Brasileiro. Os pontos devem ser ganhos honestamente no campo”, diz o comunicado.

 

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Padarias de SP prometem boicote comercial caso Portuguesa caia

Deixe o seu comentário