Pastor e vereador mineiro ofende professora e diz que “daria um coro nela”

 

Publicado no UOL

O vereador Pastor Altemar (PSDB), de Montes Claros (418 km de Belo Horizonte), fez ofensas e ameaças à professora Iara Pimentel durante entrevista à TV Câmara do município, realizada no último dia 26. O parlamentar estava irritado com as manifestações de protesto da docente em sessões da Câmara.

“Pense numa mulher desclassificada, sem caráter (…) ela vem inferniza, faz as manifestações. Se pudesse eu mesmo dava um coro nela. Pensa numa mulherzinha de baixo nível. É aquela Iara”, afirmou.

Em seguida, Pastor Altemar ataca a professora ao dizer que ela vai à Câmara porque quer “arranjar um marido”. “Tá aí, encalhada, e vem pra cá querendo arranjar um marido. Ou então tá interessada em algum vereador (..) É um lugar público, não é uma zona, um cabaré não. Eu vomito ela (sic).”

O caso provocou revolta nas redes sociais. A professora, que integra movimentos sociais que acompanham as sessões plenárias na Câmara, apresentou denúncia na Casa e pediu a cassação do parlamentar.

Na segunda-feira (9), a abertura de processo de cassação de Pastor Altemar foi rejeitada por 13 votos a nove. Agora, a Comissão de Ética analisa a conduta do vereador.

A reportagem telefonou na noite desta sexta-feira (13) para o gabinete do Pastor Altemar, mas ninguém atendeu.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Pastor e vereador mineiro ofende professora e diz que “daria um coro nela”

Deixe o seu comentário