Católicos e batistas celebram o Natal na cracolândia de SP

Católicos e Batista celebram o Natal na "Cracolândia", centro de São Paulo, onde viciados em crack montaram barracos Michel Filho / Agência O Globo

Católicos e Batista celebram o Natal na “Cracolândia”, centro de São Paulo, onde viciados em crack montaram barracos Michel Filho / Agência O Globo

Tatiana Farah em O Globo

SÃO PAULO – Católicos e batistas se uniram nesta quarta-feira para celebrar o Natal com os moradores de rua e dependentes químicos da chamada cracolândia, no centro de São Paulo. Os católicos fizeram um auto de Natal, representando o presépio do nascimento de Jesus, e os batistas apresentam um coral do qual fazem parte ex-moradores de rua atendidos pela igreja Cristolândia. O padre Julio Lancelotti celebrou uma cerimônia ecumênica e os religiosos distribuíram lanches, suco e panetone aos moradores locais.

Nos últimos meses, a ocupação da cracolândia tem crescido e avançado sobre as calçadas, com barracas e tendas habitadas geralmente por usuários de drogas. O padre criticou as medidas adotadas por todas as esferas de governo. Para ele, polícia e ações sociais e de saúde tentam lidar com o problema “em pedaços”.

— Não há solução mágica e imediatista. Assim como as pessoas não vivem em pedaços, não podem ser tratadas em pedaços, com uma ou outra ação. O Brasil tem que combater com clareza e firmeza o narcotráfico e não as pessoas que são vítimas dele – reclamou o padre Julio.

O padre disse temer por uma futura ação da prefeitura para a retirada dos moradores que passaram a ocupar as calçadas com as barracas.

— Nosso medo é que as pessoas sejam desalojadas sem nenhuma política (de realocação).

O auto foi organizado pelo padre João Pedro Carraro, coordenador da Missão Belém, que atua com os moradores de rua da cracolândia. De acordo com o padre, a missão, que existe há oito anos no bairro, atendeu em 2013 quatro mil pessoas.

— São 15 a 20 pessoas por dia que vão para as nossas casas. Eu posso dizer que 70% se salvou, conseguiu sair da rua — disse o padre João Pedro.

Já os coordenadores da Cristolândia afirmaram que já passaram por atendimento, em todo o estado, de 10 mil a 20 mil pessoas.

dica do Ailsom Heringer

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Católicos e batistas celebram o Natal na cracolândia de SP

3 Comentários

  1. sleiman disse:

    Isso faz tão bem aos generosos desta época do ano…

    E só!

    • Marcos disse:

      Sleiman, também não concordo com as ações em prol dos mais carentes somente esta época do ano, temos que praticar o bem às pessoas todos os momentos em que nos deparamos com alguma situação de carência do nosso próximo. Porém, devo lhe informar que esta ação por parte dos evangélicos Batistas não são somente esta época do ano, temos um trabalho permanente na cracolândia, ajudando estas pessoas a se libertarem do vício e voltar a conviver com suas famílias. Vi esta reportagem na globo e realmente o que eles passam para o público é essa falsa realidade que isto só é feito esta época do ano.

Deixe o seu comentário