Ação de voluntários em Recife distribui flores e abraços

Iniciativa, intitulada de “Mais Amor”, foi organizada pelo ONG Novo Jeito.
Ação abordou motoristas e pedestres nos arredores do Parque da Jaqueira.

Voluntários se reuniram desde cedo no Parque da Jaqueira (Foto: Moema França / G1)

Voluntários se reuniram desde cedo no Parque da Jaqueira (Foto: Moema França / G1)

Moema França, no G1

“Deixa a gente te dar um abraço”, disse um grupo de jovens na avenida Rosa e Silva, Zona Norte do Recife, ao verem o carro com a equipe de reportagem do G1. A manhã desta terça-feira (31), último dia de 2013, foi assim para quem passou pelos arredores do Parque da Jaqueira, na mesma região da capital pernambucana. O motivo foi a ação “Mais amor”, da organização Novo Jeito, que distribuiu abraços e 7 mil flores entre pedestres e motoristas. Criada há três anos, a ONG realiza projetos de solidariedade pelo estado.

Cobradora Maeli Leite recebeu uma rosa e ficou surpresa (Foto: Moema França / G1)

Cobradora Maeli Leite recebeu uma rosa e ficou surpresa
(Foto: Moema França / G1)

Os voluntários do Mais amor, vestidos com camisas do projeto, pararam em quatro pontos ao redor da Jaqueira: as avenidas Rui Barbosa e Rosa e Silva, além das ruas do Futuro e Cônego Barata. Em todos os sinais vermelhos, mulheres, homens, crianças e idosos invadiam as ruas oferecendo abraços e flores para desejar um feliz ano novo.

A cobradora Maeli Leite foi pega de surpresa durante o trabalho. Cobradora da linha de ônibus Dois Irmãos/Rui Barbosa, ela recebeu uma flor e abraços dos voluntários dentro do coletivo. “É perfeito, eu adorei. É um gesto muito diferente”, disse, rindo. Abordado no carro também na avenida Rui Barbosa, o marceneiro Dênis Souza ganhou duas flores, uma para ele e outra para a mãe. “É sempre bonito, tem muita violência hoje em dia. Fiquei bem surpreso, é bom. Perdi meu pai esse ano, vou levar uma rosa para a minha mãe”, contou.

A ONG Novo Jeito já tem 22 projetos espalhados pelo estado. “Quando a gente começou a crescer, a gente viu que podíamos juntar e mobilizar as pessoas para um ação única. […] Esse modo de vida, o afastamento entre as pessoas é uma coisa que a gente pode colaborar para mudar”, explicou o empresário e idealizador do projeto, Fábio Silva. A convocação dos voluntários para a ação desta terça (31) aconteceu por meio de redes sociais.

Grávida de gêmeas, a estudante Aline Rolim veio conferir pela segunda vez a ação da ONG. Em 2012, ela foi de “penetra” junto com uma amiga e garante que saiu renovada. “Até um policial achou diferente, a gente bateu no vidro para entregar uma flor e ele ficou sem entender. Deve ser estranho para ele, porque trabalha em um ambiente diferente desse aqui”, pontuou. As filhas Talita e Ariane, ela diz, já vão entrar de bem com a vida em 2014.

Eva Caroline veio de Goiana só para participar do “Mais amor”. “Eu não gostava de fim de ano, e agora eu tenho um motivo. Além de fazer uma boa ação para os outros, a gente faz para si mesmo”, disse. Este ano, ela trouxe o irmão, Vinícius Duard, e a amiga, Vanessa Borges, que veio de Nazaré da Mata e ajuda a explicar a sensação de Eva. “É que um abraço vem com muito mais significado do que só uma palavra”, resumiu.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Ação de voluntários em Recife distribui flores e abraços

1 Comentário

  1. vicenta m p b carvalho disse:

    Bom Dia ,
    ficou emocionada e alegre com as pessoas que cada vez mais estão se comprometendo em querer ajudar ao próximo, e mostram que onde existe amor e a fé em Deus tudo cresce e transforma-se em graos de uma boa alimentação d´ alma.
    Ajudando e dando conforto aos mais necessitados, elogio o trabalho pela grandeza e riqueza mesmo sabendo que trata-se de um resultado a longo prazo.
    me ponho a disposição para fazer parte também nessa caminhada tão rica, uma participante com muito orgulho e carinho pela causa ;como leitora gostaria de participar também, havendo oportunidade.

Deixe o seu comentário