Eventos evangélicos constrangedores

pastor-11Ricardo Gondim

Menino prodígio fantasiado de pastor, pregando. (Como não ter vergonha alheia pelos pais ou líderes que deixam esse tipo de excrescência e pela multidão imbecilizada que ainda consegue gritar glória a Deus?)

Marcha para Jesus em São Paulo. (Carnaval-gospel-fora-de-hora acontece em outras cidades, mas nenhum consegue ser tão ruim quanto o paulista).

Pastor entrevistando demônio. (Além de considerar desprezível o que um demônio tenha para dizer, essa bizarrice é uma violência contra a dignidade humana).

Evangelista empetecado que promete prosperidade. (Tais mercadejadores da esperança merecem povoar a esfera mais baixa do mundo subterrâneo de Dante).

Profecia em programa de rádio. (O pastor chuta; diz em pleno programa que algum motorista, ouvinte do programa, está triste. Depois, fala o recado que Deus mandou. É tão patético que acerta todas as profecias).

Conferência missionária que culpa a idolatria pela miséria na Africa. (Pessoas que nada sabem sobre os danos do colonialismo praticado por nações ditas cristãs não merecem atenção. Como responder ao argumento de que os Estados Unidos ficaram ricos porque são uma nação cristã?).

Testemunho de cura divina em cruzada evangelística. (Que tristeza ouvir a velhinha contar que foi curada de caroço, dor nas pernas e da coluna! Os que têm o dom de cura deveriam dar plantão na ala dos indigentes do Hospital do Câncer ou em clínica de hemodiálise).

Sermão entrecortado com língua estranha. (Será que a platéia não percebe o exibicionismo?).

Político se convertendo em ano eleitoral. (Que mico. Nojo se mistura com vergonha!)

(Tem muito mais…)

Soli Deo Gloria

fonte: site do Ricardo Gondim

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Eventos evangélicos constrangedores

1 Comentário

  1. Ronaldo disse:

    Absurdo esse tipo de comportamento em nome de um pretenso “deus”. Só os menos atentos é que apoiam essa farsa.
    Caso para ser observado pelos órgãos de proteção à criança. os pais devem ser responsabilizados por tamanha insensatez.

Deixe o seu comentário