Cineasta Eduardo Coutinho é morto no Rio

Depois de matar o pai a facadas, filho tentou assassinar a mãe

O cineasta Eduardo Coutinho na última edição da Flip (foto: Léo Martins / O Globo)

O cineasta Eduardo Coutinho na última edição da Flip (foto: Léo Martins / O Globo)

Publicado em O Globo

RIO – O cineasta Eduardo Coutinho, de 81 anos, foi morto neste domingo, em sua casa, no bairro da Lagoa, Zona Sul do Rio. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

O filho, que teria assassinado o pai a facadas, e a mulher de Coutinho estão internados no Hospital Miguel Couto. Mais informações em instantes.

Coutinho era considerado um dos maiores documentaristas do Brasil. Entre seus filmes de maior sucesso estão “Cabra Marcado para Morrer”, “Edifício Master”, “Jogo de Cena” e “Babilônia 2000”. Em 2007, o cineasta foi premiado com o Kikito de Cristal.

dica do Sidnei Carvalho de Souza

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Cineasta Eduardo Coutinho é morto no Rio

Deixe o seu comentário