Os evangélicos e o mercado de produtos eróticos

473_711-paula-aguiar

Publicado no O Globo

O mercado erótico já percebeu que os evangélicos consomem (e muito) os seus produtos. Amanhã, pastores, fiéis e empresários vão participar de um encontro chamado “Projeto Gospel para Sexshops”, na Praça do Conhecimento, no Complexo do Alemão. Juntos, vão debater o tema “Os Produtos Sensuais no cenário Gospel”. Organizadora do evento, a presidente da Associação Brasileira do Mercado Erótico e Sensual,Paula Aguiar (foto acima), conversou com o blog.

Como é feita a venda de produtos eróticos para os evangélicos?
Paula: Nós temos as consultoras matrimoniais, que são as vendedoras que oferecem os produtos nas igrejas evangélicas. Mas elas só atendem casais casados. E os produtos têm que ser aprovados pelo pastor.

Os pastores experimentam os produtos antes de dar o ok?
Paula: Não. Isso não. Eles aprovam de acordo com suas experiências pessoais.

Quais são os produtos que mais fazem sucesso entre o público evangélico?
Paula: Os lubrificantes e o massageador bolinha. Os primeiros são importantes principalmente para mulheres de mais idade. Os dois ajudam muito a reaproximar casais que estavam se distanciando.

E os vibradores?
Paula: Olha, neste mercado nós temos um certo cuidado com a nomenclatura. Chamamos vibrador de massageador, por exemplo. Tem mais a ver. Produtos eróticos são chamados de produtos íntimos. Quanto à procura pelos vibradores, ela existe, claro. É justamente o que tem forma de bolinha que mais sai. Vibrador fálico, nem pensar. Por uma questão religiosa, é proibido ter a imagem da parte do corpo de outro homem. Então os massageadores têm outros formatos.

Você tem números ou alguma pesquisa sobre o mercado erótico evangélico?
Paula: Não temos números ainda, não quantificamos, mas é um mercado que vem crescendo bastante.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Os evangélicos e o mercado de produtos eróticos

2 Comentários

  1. Vagner disse:

    Sexo é tão importante e essa faceta de nossas vidas pessoais como cristãos também tem que ser vivida de forma satisfatoriamente feliz!!!!

Deixe o seu comentário