E se a sua prefeitura enviasse a você mensagens com dicas de perda de peso?

A reação de uma 'cidadã' da Redação da Galileu ao receber mensagens motivacionais (Foto: Galileu)

A reação de uma ‘cidadã’ da Redação da Galileu ao receber mensagens motivacionais (Foto: Galileu)

Luciana Galastri, na Galileu

Cidadãos obesos de Stoke-on-Trent, município do Reino Unido, receberão mensagens motivacionais da prefeitura em seus celulares. O objetivo é encorajá-los a alcançar um peso saudável sem que seja necessário apelar para cirurgias invasivas.

O serviço não é pago e é voluntário – ou seja, apenas quem se cadastrar no programa vai receber as mensagens, ninguém irá começar a receber notificações ‘do nada’. Os custos do envio dos SMS vão para os cofres públicos e estão estimados em cerca de R$ 30 mil, bem menos do que a cidade gastaria com o tratamento de pacientes de cirurgias.

Mas a equação eficiência por custo ainda tem uma variável. Será que as pessoas realmente vão seguir as dicas? É difícil imaginar que as mensagens tragam algo que as pessoas já não saibam – “tente comer porções pequenas”, por exemplo, ou “prefira caminhar em vez de usar o carro”, ambas dicas que existem no programa e que estão longe de ser novidade.

E, apesar de ser um esquema voluntário, no qual ninguém tem seu telefone subitamente ‘invadido’ pela prefeitura, a pergunta é se não há maneiras mais eficientes para promover hábitos saudáveis. Vamos acompanhar os testes da campanha, que devem durar 10 semanas.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for E se a sua prefeitura enviasse a você mensagens com dicas de perda de peso?

Deixe o seu comentário