Jedis da vida real: italianos ensinam combate com sabres inspirados em Star Wars

Divulgação Técnicas de várias lutas com arma são usadas no combate com sabres de luz

Divulgação
Técnicas de várias lutas com arma são usadas no combate com sabres de luz

Após dois anos de pesquisas, três fãs de “Guerra nas Estrelas” e artes marciais inventaram técnicas de luta e criaram a LudoSports, escola que ensina padawans da vida real

Natália Eiras, no IG

Quando o então jovem padawan Anakin Skywalker se juntou à Ordem Jedi, o mestre Qui-Gon Jinn foi muito claro com ele: “Vai ser uma vida dura, sem recompensa, sem remorso, sem arrependimento”. Fãs de Star Wars italianos estão sentindo na pele como é o treinamento de um cavaleiro da Força nas aulas de combate com sabres de luz em uma espécie de Academia Jedi da vida real: a LudoSports, escola de artes marciais que têm unidades em várias cidades da Itália.

Divulgação Escola na Itália disponibiliza sabres para alunos

Divulgação
Escola na Itália disponibiliza sabres para alunos

Fãs da hexalogia de George Lucas, Simone Spreafico, Fabio Monticelli e Gianluca Longo — atualmente nomeados como Mestres Fundadores — tiveram a ideia de criar as aulas quando começaram a imaginar como seria um combate caso os sabres de luz realmente existissem.

“Mesmo com um histórico em diferentes artes marciais e esgrima, eles perceberam quase imediatamente que não podiam pegar técnicas emprestadas daqui e ali. Eles precisavam criar um novo tipo de combate”, conta Ugo Tonelli, instrutor nível 2 da academia, ao iG.

Eles procuraram mais informações em “fontes oficiais”: imagens e histórias criadas diretamente por Lucas. “Há fontes tanto no cinema como na literatura. Há imagens de lutas de Jedi e Sith nos filmes de ‘Star Wars’, enquanto contos, histórias e graphic novels descrevem os Sete Estilos de Combate no Universo Expandido”, explica Ugo.

Ainda assim, o material não era detalhado o bastante para conseguirem todos os movimentos deste novo tipo de luta. “Eles pesquisaram, durante quase dois anos, formas de combate tanto orientais como ocidentais. Assim, detalhes das técnicas do Lightsaber Combat são completamente originais.”

A mistura de métodos vistos nos filmes e livros com as de lutas antigas deu origem ao sistema ensinado por Simone, Fabio e Gianluca na LudoSports. Ele inclui modos de defesa, ataque e manobras com a espada. “Cada um dos estilos difere do outro pela atitude durante o embate, método, técnica e esforço físico necessário para os golpes”, conta Ugo. “Juntos, eles são um dos sistemas de combate mais estimulantes; É filosofia e estratégia.”

Para treinar, não é necessário nenhum tipo de pré-requisito, nem mesmo ter uma grande ligação com a Força ou ser fã de Star Wars. “Nós pedimos apenas um atestado médico para provar que o aluno tem uma boa saúde”, esclarece o instrutor.

Divulgação A instituição promove, ainda, competições com sabres de luz

Divulgação
A instituição promove, ainda, competições com sabres de luz

O aluno não precisa, ainda, passar pelo mesmo perrengue de Anakin, que teve que construir o próprio sabre de luz, já que a escola o fornece. Há três tipos à venda: o de coleção, o de lutas teatrais e os especialmente feitos para combate. Caso o iniciante queira ter a própria arma, ela deve ser do primeiro ou segundo modelo para fazer as aulas. Em competições oficiais, feitas pela LudoSports, os combatentes só podem usar o tipo especializado.

Lado da Luz x Lado Negro da Força
Agora, se um iniciante é membro da Ordem dos Lordes Sith ou da Ordem Jedi, só ele mesmo pode saber. “Eles treinam na mesma academia e fazem as mesmas aulas. A diferença é a atitude que os pupilos mostram durante o combate”, diz o instrutor. “Todo aluno escolhe um ‘lado’ de acordo com as suas inclinações. Os que procuram equilíbrio e jogo limpo, costumam ser Jedis, enquanto aqueles que preferem uma supremacia imediata, são, geralmente, Sith”.

Isto, no entanto, não é algo definitivo dentro dos Sete Estilos de Combate, já que você pode transitar entre os dois jeitos de lutar. “Em várias técnicas há a possibilidade de ter uma ‘abordagem Jedi’ ou uma ‘abordagem Sith’ na execução. Estas variações são mostradas, no entanto, tanto nos alunos Jedi como nos Sith.”

Mas, até poder escolher o Lado da Luz ou o Lado Negro da Força, o padawan passa por pelo menos quatro graduações dentro da classe de iniciantes, que usa o sabre de luz azul. Depois disso, quando se tornam Jedi, Cavaleiro Jedi e Mestre Jedi eles podem escolher a cor da arma, exceto o vermelho.

Os iniciantes na graduação Sith Assistente, Sith Aprendiz e Lorde Negro dos Sith só usam o sabre vermelho. Os Grão-Mestres e Conselheiros podem escolher qualquer tonalidade, pois estão além da divisão das divisões da Luz/Lado Negro.

Ficou louco para aprender a usar a Força?
Segundo Ugo Tonelli, a LudoSports recebeu várias propostas para abrir uma unidade no Brasil e está negociando a possibilidade, levando em conta que há convites para ir a outros países também. No entanto, eles estão pensando em fazer um acampamento de verão na Itália. “Para juntar interessados do mundo todo.”

Tantas referências ao apaixonante universo de “Star Wars” não são, de acordo com Tonelli, as únicas responsáveis pela escola chamar atenção de jornais ao redor do mundo todo. O instrutor diz que a “pegada de entretenimento” é o verdadeiro atrativo. “Quando começam a lutar, os pupilos descobrem duas coisas: que isto é uma coisa séria e que é muito divertido. E era exatamente isto que os criadores estavam procurando.”

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Jedis da vida real: italianos ensinam combate com sabres inspirados em Star Wars

Deixe o seu comentário