Stonehenge pode ter sido um instrumento musical gigante

Publicado no Estadão

O monumento do Stonehenge pode ter sido um grande instrumento musical, aponta o grupo de pesquisadores do Royal College Of Art, de Londres. Segundo informações da revista The Times, as pedras azuladas encontradas nas colinas Preseli, no País de Gales, de onde teriam vindo as rochas do Stonehenge, são capazes de emitir uma sonoridade extremamente melódica. Com vestígios de 10,5 mil anos, o Stonehenge está localizado em Wiltshire, na Inglaterra.

De acordo com os cientistas, isso explica o motivo por que o Homem se deu ao trabalho de transportar as enormes rochas ao longo de 200 milhas (cerca de 321 km), até Salisbury Plain, em Wiltshire. “Por que raio é que levaríamos as rochas de Gales para Salisbury?, comentou Paul Devereux, que liderou o estudo ao lado Jon Wozencroft.

stonehenge_ap_620_2222

Ainda de acordo com Paul Devereux,as pedras podem ter sido vistas como mágicas devido à qualidade sonora. Os pesquisadores passaram meses batendo em mil tipos diferentes de rocha para registrar o som que produziam. “Percussionistas foram até o local e conseguiram obter diversos tipos de somEste é o verdadeiro rock ‘n’ roll”afirmou Devereux.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Stonehenge pode ter sido um instrumento musical gigante

Deixe o seu comentário