Persona Invisible

Publicado por Murilo Bispo

Estava a caminho da ETEC quando vi os coletores pegando o lixo e jogando no caminhão, algumas pessoas passavam tampavam seus narizes e fingiam não enxergar o que acontecia. Isso infelizmente é muito comum, não só com os coletores mas com muitas outras profissões em que as pessoas ficam praticamente invisíveis para o resto do mundo, na hora em que pensei sobre isso abri meu caderninho no meio da rua e rabisquei a ideia para não perder o time.

Depois busquei mais informações uma boa base conceitual e terminei a execução por coincidência no dia do trabalho (1 de maio), acho que a função do design deve ir além de fazer coisas bonitas para o público, meu papel como designer também deve ser conscientizar e fazer as pessoas pensarem a respeito da forma que levam suas vidas. Optei por utilizar pictogramas, pela linguagem simples e versatilidade.

Conceito:

Na Psicologia Analítica (Jung), é dado o nome de persona à função psíquica relacional voltada ao mundo externo, na busca de adaptação social. Jung usou este termo para mostrar a maneira como uma pessoa adapta-se ao mundo, sua máscara, sua maneira de ser socialmente. Essa máscara é necessária para nos adaptarmos à vida e sobrevivermos em sociedade.

Este projeto é acima de tudo, um manifesto e crítica sobre a má educação de algumas (muitas) pessoas que passam diariamente ao lado destes honrados e dignos profissionais, ignorando-os.

Para aqueles que quando precisam correm para perguntar e pedir, sem nem lembrar de agradecer depois ou para aqueles que não dão bom dia, boa tarde, boa noite, por não achar necessário cumprimentar estes profissionais. Também para aqueles que simplesmente não os enxergam, por ter uma visão limitada de mundo e já estarem condicionados a uma associação cromática entre a cor dos uniformes e a cor dos ambientes em que estão inseridos, automaticamente excluindo-os do seu campo de visão.

Infelizmente, para alguns são personas invisibles.

Pense um pouco como seria se sentir invisível, cheio gente ao seu redor. Algumas pessoas ainda não entenderam que todo trabalho tem o seu valor.

0165458b87ef852dfe866b68b92b1bed e03d00e052eafabfae026929eac51fcd b0bd1e5e9d3cfba9d9cae39df02948b2 a4f740228f1d0df680aded7128fc19a3 bfc4d8a47df52d809ae7004683ddf7a4 10b10b7aef03d435bc857a14ec7b8b09 9f4aa54584f1f19f4960856f73fad24e e81fb0ec8bbd8af49d60331d2832b207 7e0c5c3ee1b1862b247a30561836c856 4fd14e37703f60e170a99266e6ce447a ca54593d1d718aab7d28d351c4030075 09862f4d7d8704384744411f68076965

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Persona Invisible

3 Comentários

  1. Vagner disse:

    O pior é quando você é visível demais e por isso mesmo é hostilizado!!!!

  2. Rafael disse:

    Será que essa não é a opinião justamente desses que gostam de posar de defensores dos frascos e comprimidos?
    Você é quem está dizendo que X ou Y é invisível.
    Sinceramente …

Deixe o seu comentário