Um final feliz para Josh Hardy

Vítima de um vírus agressivo, garoto de 7 anos está internado na UTI de um hospital dos EUA. Empresa farmacêutica que havia negado remédio ao menino voltou atrás

Publicado na revista Época

A angústia vivida pela família do garoto Josh Hardy chegou ao fim. Após uma campanha intensa nas redes sociais, a empresa farmacêutica Chimerix voltou atrás e decidiu ceder ao garoto o remédio, em atual fase de testes, que pode ser capaz de salvar sua vida.

Vítima de um grave vírus do tipo Adenovirus, Josh, de sete anos, está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital infantil de Memphis, no Tennesse, Estados Unidos. Ainda bebê, Josh foi diagnosticado com câncer renal. O tumor se espalhou e atingiu seu pulmão e medula óssea. A imunidade baixa facilitou a contração do vírús, que compromete a saúde frágil do menino dia após dia.

Os médicos diziam que a única possibilidade  de salvar o garoto era a aplicação da solução oral do medicamento brincidofovir. A fórmula já havia sido desenvolvida pela Chimerix, mas ainda estava em fase de experimentos. Pela legislação americana, a empresa farmacêutica poderia ceder o remédio para o menino, já que ele está em estado gravíssimo e havia tentado outros tratamentos. anteriormente. A empresa, contudo, se negou a entregar o medicamento à família. “Se dermos o remédio a Josh, teremos de entregar também a todos os outros doentes que já nos fizeram o pedido antes. O ‘sim’ ou ‘não’ deve ser igual para todos”, afirmou na quarta-feira (12) à rede americana CNN o presidente da companhia, Kenneth Moch. Entregar o remédio custaria à Chimerix cerca de US$ 50 mil (por paciente) e atrapalharia a fase de testes, o que retardaria a entrada do remédio no mercado comum – prejudicando outros tantos pacientes.

Josh Hardy contraiu um adenovírus. Ele está na UTI num hospital infantil nos EUA à espera do medicamento que pode salvar sua vida (Foto: Arquivo pessoal)

Josh Hardy contraiu um adenovírus. Ele está na UTI num hospital infantil nos EUA à espera do medicamento que pode salvar sua vida (Foto: Arquivo pessoal)

As justificaticas dadas pela companhia não convenceram a opinião pública. A comoção foi tamanha que internautas do mundo todo começaram a pedir à empresa que voltasse atrás. Funcionou. Em comunicado, a Chimerix afirmou que entregará o remédio à família nas próximas 48 horas. A boa notícia foi divulgada pela mãe de Josh, Aimee Hardy, na página da campanha no Facebook.  “Glória a Deus! Eles vão liberar o remédio para Josh”. O menino Josh Hardy será a primeira pessoa no mundo a usar o brincidofovir para o tratamento.  A empresa afirmou em comunicado que não garante a eficácia do medicamento. Apesar da gravidade do caso, os médicos estão esperançosos. No que depender da torcida, a cura será certeira.

Josh em diversos momentos. Atualmente, ele está internado em um hospital de Memphis, à espera de tratamento adequado (Foto: Reprodução /Facebook)

Josh em diversos momentos. Atualmente, ele está internado em um hospital de Memphis, à espera de tratamento adequado (Foto: Reprodução /Facebook)

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Um final feliz para Josh Hardy

Deixe o seu comentário