Governo alemão aconselha levar o “dinheiro do ladrão” para caso de assalto durante a Copa

Publicado no Diário do Nordeste

Diversos governos colocaram no ar páginas especiais com dicas sobre a Copa do Mundo no Brasil. Dentre as publicações, destacou-se uma polêmica página sobre como os alemães devem agir em diversas situações no País. Entre as dicas, o site recomenda como os estrangeiros devem proceder em caso de assalto. O governo alemão pede que o turista não resista. “Muitas vezes os agressores estão armados e sob influência de drogas e não hesitam em usar a violência por um motivo estúpido. É aconselhável sempre levar uma quantia de dinheiro para a rendição voluntária“, diz a mensagem, pedindo que, posteriormente, o viajante reporte o acontecido à Polícia.

Em junho, as seleções do Uruguai, Costa Rica, México, Alemanha, Gana, Grécia e Costa do Marfim virão a Fortaleza para disputar a primeira fase dos jogos da Copa do Mundo de Futebol e, com elas, muitos estrangeiros desses e de outros países. Alguns governos prepararam páginas online para dar direcionamentos aos cidadãos estrangeiros sobre como agir no Brasil.

roubosnacopa

 

Insegurança

O governo do México recomenda “medidas extremas de segurança” durante a estadia no País da Copa, como a “cuidadosa seleção de atrações turísticas para visitar” e ida a boates em grupos, evitando ostentação de joias e dinheiro em público e interação com estranhos durante a passagem dos visitantes aqui. A página pede, ainda, que os mexicanos evitem, na medida do possível, utilizar os transportes públicos no País.

Já o governo francês sugere uma prática comum entre os brasileiros, ele pede que os visitantes francófonos tenham “iscas” para os ladrões em caso de assalto durante estadia: “uma segunda carteira com dinheiro e/ou uma segunda bolsa”.

No site do governo alemão, o alerta é de que o turista “fique de olho na sua bagagem e nos seus objetos de valor quando estiver em espaços públicos, recepções de hotel, aeroportos e estações de ônibus”. Seguindo a mesma linha, o site do governo mexicano afirma: “Tome as devidasprecauções com seus pertences, especialmente em áreas turísticas e grandes aglomerações”.

Nos estádios, o endereço online da Alemanha sugere que o turista não leve itens caros e não use a câmera fotográfica de forma visível. “Oculte a câmera e o telefone celular discretamente em um bolso ou bolsa”, diz o site.

Já os norte-americanos – que figuram em 2º lugar no ranking da compra dos ingressos da Copa 2014 por país, ficando atrás somente dos brasileiros – são indicados pelo site do governo a tomarcuidado até com os que possam oferecer ajuda. “Se um turista parece perdido ou parece estar tendo problemas para se comunicar, uma aparentemente inocente oferta de ajuda dada por uma pessoa pode realmente ser um esquema crim​inoso”, diz o site do governo dos Estados Unidos.

Saúde

“No Brasil existem surtos de dengue. Evite áreas onde há condições claramente insalubres”, recomenda o site do governo do México aos que queiram vir para o Brasil. Sobre o mesmo assunto a Alemanha alerta seus cidadãos a, se possível, aplicar repelente no corpo e dormir sob um mosquiteiro. Quanto aos hospitais, diz, ainda, que os padrões são “muito diferentes e o tempo de espera muito longo”.

Relacionamentos

O governo francês alertou, ainda, os turistas a “lidar cuidadosamente com novos amigos” e aprestar atenção nos relacionamentos e as ações no transportes públicos.

Já no site das representações alemãs no Brasil, o governo indica que os visitantes nunca deixem suas bebidas sozinhas ou com estranhos, alertando para o perigo de ingestão acidental de drogas tranquilizantes do tipo “boa noite, Cinderela”, que podem ser colocadas nos copos. O site pede que o viajante evite, também, o trânsito de prostitutas e visitas casuais em seu quarto de hotel pelo perigo de furtos e até crimes maiores.

Sobre o atendimento em serviços comuns a turistas, como em táxis, restaurantes e lojas, autoridades mexicanas falaram sobre a falta de honestidade de quem fornece os serviços: “Os brasileiros costumam conseguir uma gorjeta extra e generosa com a desculpa de não haver troco”.

Protestos

Tanto o governo norte-americano quanto o australiano – esse último responsável pelo 3º lugar no ranking de venda de ingressos por países – emitiram alertas sobre os protestos e manifestações públicas durante o  período da Copa. “Protestos em grande escala têm ocorrido em muitas cidades em todo o Brasil, interrompendo, muitas vezes, o transporte público e privado. Você deve evitar todos os protestos e manifestações, pois eles podem se tornar violentos“, diz a mensagem no site do governo da Austrália.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Governo alemão aconselha levar o “dinheiro do ladrão” para caso de assalto durante a Copa

4 Comentários

  1. Marcelo Moreira disse:

    Qual é o problema de sites estrangeiros falarem a verdade?

  2. Helen disse:

    Eu tbm não entendo pq os brasileiros ficam putinhos quando falam essas coisas, é tudo verdade. Nesse mesmo post diz pra levar uma segunda bolsa como é prática dos próprios brasileiros. TODOS os países têm seus problemas, mas qdo falam dos nossos, não pode, tem que fazer de conta q é tudo uma maravilha, eu hein.

  3. Peraldiano disse:

    Sinceramente,não vi nada de errado ou exagerado nisso.É a mais pura verdade,pois vivemos num país em que a vida não vale muita coisa.Em alguns casos, não vale é nada!

  4. José Carlos disse:

    Sabem o que recomendo?
    Assista em casa, pela TV , tem banheiro limpo, pertinho e sem filas, pipoca, churrasco ou qualquer outra coisa limpinha e de boa procedência, sem violência ou preocupação com assalto, sem pagar uma fortuna pelo ingresso, sem pagar para estacionar o carro, e se estiver junto com a família, é só alegria!
    Hã… Sobre o que mesmo era para recomendar???
    Ah sim, jogos da copa… Já tinha até me esquecido.

Deixe o seu comentário