Atari enterrou milhões de cartuchos de ‘E.T’ no deserto

Lenda de que empresa de games teria enterrado milhões de cartuchos em 1983 se prova verdadeira

Murilo Roncolato, no LINK

Não era lenda. Por muito tempo a história de que a Atari havia enterrado em 1983 mais de 8 milhões de cartuchos do game correu no mundo, mas não havia evidências que pudessem comprová-la. Até esta semana.

Em dezembro de 2013, a empresa Fuel Entertainment conseguiu direitos exclusivos de escavação no aterro, localizado no deserto de New Mexico, nos EUA. O objetivo era gravar um documentário. Tempos depois, se uniu à Microsoft, o que resultou na gravação de uma série de documentários chamada Atari: Game Over, a ser transmitida exclusivamente pela Xbox Live, produzido por Jonathan e Simon Chinn, (O Equilibrista) com Zak Penn (Os Vingadores, X-Men 2) na direção.

O resultado, para alegria de todo gamer da velha guarda, foi positivo. Os tais cartuchos estavam realmente lá. A história completa foi contada pelo João Coscelli, no Modo Arcade, mas, em resumo, a Atari enterrou 8,5 milhões de cartuchos do jogo E.T. Mesmo para a época, tratava-se de um game muito ruim e mal feito (veja por você mesmo no vídeo). Tanto é fato, que apenas 1,5 milhão foi de fato vendido.

Para não ter de lidar com o estoque imenso restante, foi tudo para debaixo da terra – fato nunca confirmado pela Atari. É o fim de uma lenda.

 

FOTO: Reprodução/Microsoft
FOTO: MicrosoftFOTO: AP
FOTO: AP

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Atari enterrou milhões de cartuchos de ‘E.T’ no deserto

Deixe o seu comentário