Lugar de mulher ´bonitinha´ é na Playboy

Bandeirinha Fernanda Colombo, alvo de ofensas, em foto do UOL/Esporte

Bandeirinha Fernanda Colombo, alvo de ofensas, em foto do UOL/Esporte

Xico Sá, na Folha de S.Paulo

Interrogação, como diria o bravo Roberto Avallone!

Errare humanum est. Como canta Jorge Benjor ou como teria dito Santo Agostinho.

Pois é, amigo, errar é humano, mas vai errar sendo mulher, bonita e gostosa em um impedimento de um jogo de futebol!

O mundo vem abaixo. O pior dos castigos.

A macharada pira, não perdoa, quer banir a criatura dos gramados.

Como acontece no momento com a bandeirinha (e gata sim!) Fernanda Colombo. Errou, como qualquer macho feio ou bonito poderia errar, no clássico Atlético 2×1 Cruzeiro.

A galega catarinense foi moralmente linchada. Por ser mulher, por ser bonita, por ser gostosa.

Ao ponto do diretor de futebol da Raposa, Alexandre Mattos, soltar a seguinte sentença condenatória:

“Estão tentando promover ela porque ela é bonitinha e não é por ai. Ela tem que ser boa de serviço, profissional e competente. O erro dela foi muito, muito, muito anormal, coisa de quem está começando uma carreira. Se é bonitinha, que vá posar para a Playboy, não trabalhar com futebol”.

E repare que o Mattos é tido como um cara até moderno no meio arcaico do futebol –um mundo tão assombrado que tem na presidência da CBF um representante ainda dos tempos da Ditadura, José Maria Marin, que deveria estar depondo na Comissão da Verdade e não à frente da seleção brasileira em ano de Copa.

Mas que pisada na bola, seu cartola.

A garota, de 23 anos, tem todo direito de posar para qualquer publicação, ora, o corpo é dela. Nas suas declarações, no entanto, não se mostra deslumbrada com essa possibilidade.

Muito pelo contrário. Faz de tudo para fugir do estigma “eu sei que eu sou bonita e gostosa, eu sei que você, me olha e me quer”, como cantavam as Frenéticas.

“Creio que a beleza é subjetiva. Uma pessoa pode achar a outra bonita, a outra feia. Fico feliz pela lembrança, mas não gostaria de ser lembrada apenas por isso”, disse em entrevista a Rádio Itatiaia, de Belo Horizonte.

Essa garota é papo firme, seu Erasmo.

Pra cima com a viga, moçada. Não desanimes, Fernanda.

Te mandaram para a “Playboy”, então que esses cartolas, treinadores ou torcedores nervosinhos posem para a “G Magazine”, não achas?

Beijo e boa sorte.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Lugar de mulher ´bonitinha´ é na Playboy

2 Comentários

  1. Marco disse:

    Ô xico qui sá…. Sou contra qualquer discriminação, mas o que acontece com esta jovem, pouco tem de discriminatório, e penso ser irresponsável desconsiderar a competência da mesma pra função por causa de algum imbecil comentário. Também é de chamar a atenção o fato de que nenhum homem que por mais competente que seja tenha recebido a oportunidade de ser aspirante a FIFA tão novo, e tenha escapado de alguma punição depois de cometer grotescos e repetidos erros. Talvez no caso desta moça não seja sair na Playboy, mas ser diretora de alguma empresa, pois até o presente momento não me parece ser a arbitragem a sua praia.

  2. hm disse:

    esqueceu de comentar que uma semana antes ela errou feio (e diversas vezes) também no clássico entre são paulo e corinthians, quando foi cornetada pelo técnico muricy ramalho..

Deixe o seu comentário