Suíços rejeitam salário mínimo mais alto do mundo

People hold up their voting cards during the annual Landsgemeinde meeting in Glarus

 

 

 

 

 

 

Publicado no Brasil Post

Os eleitores suíços rejeitaram esmagadoramente uma iniciativa que teria introduzido o maior salário mínimo do mundo. Cerca de 77% se opuseram, neste domingo, à iniciativa do Salário Mínimo, de acordo com os primeiros resultados de 26 cantões do país, informou a televisão suíça.

A legislação teria estabelecido um salário mínimo por hora de 22 francos suíços (US$ 25, ou 55 reais) por hora. No Brasil, o salário mínimo é de R$ 3,29 a hora, ou R$ 724 por mês.

Debate
Apoiadores do salário mínimo suíço citam o custo exorbitante de vida no país mais caro do mundo, principalmente em cidades grandes como Zurique e Genebra.

Os sindicatos estavam indignados porque a Suíça, um dos países mais ricos do mundo, não tem um salário mínimo determinado enquanto os vizinhos França e Alemanha têm – o salário mínimo na Alemanha será de 8,5 euros a hora a partir de 2017. Eles dizem que é impossível sobreviver com menos de 4.000 francos por mês por causa dos altos custos dos planos de saúde e da alimentação, segundo a BBC.

No entanto, autoridades do governo e corporações dizem que a proposta vai aumentar a taxa de desemprego no país, que é baixa: apenas 3,2%. Donos de pequenas empresas, principalmente fazendeiros, estavam preocupados que o salário mínimo poderia prejudicar a venda de seus produtos no mercado. A maioria dos suíços que recebem salários baixos trabalham no setor de serviços, em hotéis e restaurantes, e a maioria deles são mulheres.

A posição do eleitorado suíço mostra um distanciamento da tendência às leis trabalhistas de compensação. No ano passado , os eleitores apoiaram uma proposta dando a acionistas de companhias de capital aberto maior poder sobre os salários dos executivos. Uma votação subsequente, que objetivava limitar os salários de executivos mais bem pagos a 12 vezes o valor salarial mais baixo das empresas, foi rejeitada.

(Com Huffington Post e Estadão Conteúdo)

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Suíços rejeitam salário mínimo mais alto do mundo

Deixe o seu comentário