Após drogas e prisão, Justin Bieber vira fiel da Igreja Hillsong

Versículo bíblico tatuado nas costas do astro pop. (foto: Miami Beach Police Dept./AP)

Versículo bíblico tatuado nas costas do astro pop. (foto: Miami Beach Police Dept./AP)

Ricardo Feltrin, no UOL

O cantor canadense Justin Bieber está tentando mudar sua fama de bad boyzinho. Dessa vez parece ser sério. Desde que deixou a prisão, acusado de uso de drogas e vandalismo, o jovem astro passou a frequentar com assiduidade a Igreja Hillsong, nos Estados Unidos.

Em fevereiro, ele decidiu se batizar na Hillsong e no último final de semana também foi visto, novamente, na primeira fila de um culto da igreja em uma de suas unidades em Nova York. Estava com a estrela Vanessa Hudgens ao seu lado e parecia contrito, com as palmas em oração.

A Hillsong é uma igreja que surgiu na Austrália na primeira metade dos anos 80, fundada por dois pastores da Nova Zelândia, Brian e Bobbie Houston. Em 30 anos a igreja se espalhou pelo mundo e formou inúmeras bandas de gospel contemporâneo. Na verdade, se tornou a mais prolífica instituição religiosa-musical do planeta. A estimativa é que tenham vendido mais de 100 milhões de CDs e DVDs desde os anos 80. A Hillsong não tem sede no Brasil, mas suas bandas United e London já se apresentaram no país.

Os cultos inauguraram a chamada “Contemporary Worship”, o louvor e adoração a Deus e a Jesus por meio da música. Poderia ser chamada de religião musical, literalmente.

Esta coluna apurou que, nos últimos meses, emissários da sede da igreja na Austrália também vêm consultando eventuais parceiros brasileiros que possam ajudar sua entrada também no país até 2015.

Hillsong evita se instalar em países em conflito aberto ou que mantenham políticas de intolerância religiosa. Dá preferência,  obviamente, àqueles governos que oferecem subsídios e isenções às atividades da igreja. Na Austrália, Reino Unido e outros continentes, a Hillsong mantém escolas infantis, obras sociais, conservatórios para formação de cantores e músicos, além de produzir aplicativos religiosos para smathphones –de GPS a apps de namoro online.

Bieber sempre se declarou cristão, porém com falhas: “Sou cristão, mas não sou perfeito”, afirmou ele quando confrontado entre sua fé e algumas de suas atitudes cabeçudas e temerárias. No início do ano, um teste de sangue feito pela polícia dos EUA confirmou que o cantor havia misturado medicação controlada e maconha.

Ele também já frequentou outras denominações religiosas, como a Church City e a Igreja Batista. Desde o ano passado ele vinha ocasionalmente visitando cultos da Hillsong. Numa das vezes revelou ter chorado durante uma cerimônia.

Até a primeira-dama dos EUA, Michelle Obama, já manifestou sua preocupação com o jovem, dizendo que Bieber é uma alma que precisa “ser resgatada”, e não punida.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Após drogas e prisão, Justin Bieber vira fiel da Igreja Hillsong

Deixe o seu comentário