Jogadores muçulmanos podem ser “afetados” pelo Ramadã no Mundial

Publicado no Globo Esporte

Reportagem do jornal “Daily Mail” destaca que alguns jogadores que estão na Copa do Mundo podem ter dificuldades para gerir os compromissos religiosos e futebolísticos por conta do mês sagrado do Ramadã, no qual os muçulmanos praticam o jejum ritual. Será a primeira vez, desde 1986, que o período islâmico de adoração cai durante o torneio.

benzema_franca_afp_95

Benzema é praticante do Islamismo (Foto: AFP)

 

Durante o mês sagrado, os adeptos do islamismo – com exceção de crianças, idosos, mulheres grávidas e enfermos – jejuam e ficam proibidos de manter relações sexuais da alvorada ao entardecer.  Neste ano, o mês do Ramadã começa no dia 28 de junho – primeira data das oitavas de final – e termina no dia 27 de julho.

Segundo a publicação, uma boa notícia para os jogadores é que no Rio, durante o período,  há aproximadamente “apenas” 11 horas de luz solar. Com isso, os jogadores ficariam poucas horas sem se alimentar.

A França tem quatro jogadores muçulmanos: Benzema,  Mamadou Sakho,  Bacary Sagna e Moussa Sissoko. A Costa do Marfim tem os irmãos Yaya e Kolo Touré, Gervinho e Cheick Tioté. Entre os jogadores da Bósnia, o craque Dzeko é praticante do islamismo. Na Bélgica, Marouane Fellaini e Moussa Dembele são adeptos da religião. Na Suíça, Xherdan Shaqiri também é praticante, assim como Mesut Özil, na Alemanha.

Sem citar os nomes, o “Daily Mail” informou que alguns jogadores não vão cumprir à risca o Ramadã. Mas o marfinense Kolo Touré afirmou que, caso a Costa do Marfim passe para a segunda fase, não deixará de cumprir o ritual religioso.

– Você definitivamente precisa de disciplina. Para mim, os primeiros cinco dias são difíceis, mas depois disso, o corpo só começa a se adaptar e você se sente realmente feliz. Você limpa o seu corpo tão bem e você se sentir ainda mais forte após o Ramadã. Eu acho que é incrível como o Ramadã pode torná-lo muito forte – disse.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Jogadores muçulmanos podem ser “afetados” pelo Ramadã no Mundial

Deixe o seu comentário