Filho de pais rigorosos tem mais chances de se tornar usuário de drogas

Pesquisa com 7 mil adolescentes na Europa sugere que controle balanceado é o ideal para educação

Filhos com pais rigorosos teriam mais risco de serem usuários de drogas Foto: Miguel Rojo / AFP

publicado no O Globo

Pais rigorosos conseguem manter os filhos sob controle? Pulsos firmes significam uma boa educação? Para pesquisadores do Instituto Europeu de Estudos de Prevenção, nem sempre. Estudo produzido pela instituição mostrou que as crianças que recebem educação muito rígida de seus pais são mais propensas a fumar cannabis, bem como o uso de tabaco e álcool.

A pesquisa ouviu mais de sete mil adolescentes entre 11 e 19 anos na Espanha, Suécia, República Checa, Reino Unido, Eslovênia e Portugal. O objetivo era saber de cada um como era a relação com seu pai e sua mãe. Com as respostas catalogadas, foi possível afirmar que pais que mantinham o controle balanceado eram mais eficazes em persuadir seus filhos a se absterem de drogas.

– Nossos resultados reforçam a ideia de que os extremos não são eficazes: nem o autoritarismo nem ausência de controle e afeto – disse à revista Drug and Alcohol Dependence o principal autor do estudo, Amador Calafat.

Calafat, no entanto, ressaltou que diferentes níveis de controle são mais eficientes dependendo de cada situação. Por exemplo, quando se lida com o desempenho escolar de uma criança, pais mais flexíveis e que deixam espaço para seus filhos são os mais eficazes.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Filho de pais rigorosos tem mais chances de se tornar usuário de drogas

Deixe o seu comentário