Schumacher sai do estado de coma e deixa o hospital, afirma porta-voz

Schumacher sai do estado de coma e deixa o hospital, afirma porta-voz AFP PHOTO/ Vincenzo PINTO/AFP

Foto: AFP PHOTO/ Vincenzo PINTO / AFP

Ex-piloto estava internado após sofrer acidente enquanto esquiava

Publicado no Zero Hora

O ex-piloto alemão de Fórmula-1 Michael Schumacher, 45 anos, “não está mais em estado de coma” e deixou o hospital da cidade de Grenoble, no leste da França, onde estava internado desde 29 de dezembro, quando sofreu um grave acidente de esqui. O anúncio foi feito pelo porta-voz da família.

O local onde o heptacampeão mundial prosseguirá com “o longo processo de recuperação” não foi divulgado no comunicado assinado por Sabine Kehm, que também não revela detalhes sobre o estado de saúde de Schumacher.

O acidente sofrido pelo alemão — em dezembro do ano passado, na estação Méribel, na França —, causou um choque violento contra uma pedra, atingindo o lado direito da cabeça. Ele esquiava acompanhado do filho de 14 anos. Desde então, o ex-piloto se encontrava no hospital para tratamento — ele foi colocado em coma induzido e, a partir de 30 de janeiro, os médicos iniciaram uma fase de despertar, reduzindo progressivamente os sedativos administrados.

Em 17 de fevereiro, a justiça francesa arquivou a investigação sobre o acidente. Foi descartada qualquer responsabilidade de terceiros.

Acostumado à adrenalina das pistas, o ex-piloto sempre procurou esportes de velocidade como hobby, entre eles o esqui. Em 2009, quando caiu em uma prova de Superbike, sofreu lesões nos ombros e braços, que o impediram de retornar à Ferrari. Schumacher é o maior campeão da Fórmula-1, com sete campeonatos mundiais entre 1994 e 2004 e 91 vitórias em GPs.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Schumacher sai do estado de coma e deixa o hospital, afirma porta-voz

Deixe o seu comentário