Empresa holandesa cria ‘baseado’ eletrônico

Publicado no Catraca Livre

Depois do cigarro, agora é a vez da maconha. A empresa holandesa E-Njoint BV diz que desenvolveu o “primeiro” baseado eletrônico do mundo. O E-Njoint é descartável e não contém THC (princípio ativo da maconha), tabaco ou nicotina, tornando o produto inofensivo e 100% legal.

O produto tem a forma típica de um cigarro de maconha e uma luz verde com o símbolo da folha de cannabis acende e aparece na ponta cromada toda vez que o usuário dá uma tragada. São oferecidos seis sabores diferentes de frutas.

baseado1

 

A questão agora é de como as instituições governamentais vão classificar esta nova invenção que está sendo atualmente comercializada na Europa.

Só mesmo os holandeses para pensarem numa versão eletrônica do baseado. “A Holanda é famosa no mundo inteiro por sua atitude tolerante e liberal com relação às drogas leves, sendo que a introdução deste novo produto defende claramente a posição de que, desde que você não perturbe ou prejudique outras pessoas e se mantenha dentro dos limites legais, tudo estará muito bem”, diz Menno Contant, CEO da E-Njoint.

The Dutch invent world’s first electric joint

Na realidade o E-Njoint não é o primeiro cigarro eletrônico de maconha. Desde o começo do ano, Open Vape fabrica e vende um produto similar nos Estados Unidos.

No caso do “baseado” eletrônico americano, o refil contém óleo extraído da folha e de partes da cannabis descartadas no processo de preparação da maconha para a venda, como caule e flores.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Empresa holandesa cria ‘baseado’ eletrônico

Deixe o seu comentário