Empresa japonesa esclarece confusão e diz que Hello Kitty é, sim, uma gata

Hello

publicado no O Globo

Nesta quarta-feira, a internet ficou em polvorosa com a revelação de que Hello Kitty não é uma gata, e sim um ser humano. Mas, nesta quinta, o site “Kotaku” entrou em contato com a empresa japonesa Sanrio, criadora da personagem, para buscar mais esclarecimentos. Em resposta, a Sanrio disse que a história não é bem essa: Hello Kitty é, sim, uma gata, só que antropomorfizada – ou seja, com características humanas.

“A Hello Kitty foi feita com a ideia de ser uma gata. Dizer que ela não é uma gata é ir longe demais. Hello Kitty é a personificação de um gato”, disse um porta-voz da empresa.

A informação de que a personagem não era uma felina veio à tona depois que a antropóloga Christine R. Yano disse ao jornal “LA Times” ter sido corrigida pela Sanrio enquanto escrevia os textos para uma exposição que fará sobre Hello Kitty, que ao longo de décadas se tornou um ícone cultural em todo o mundo. Mas, segundo o “Kotaku”, a palavra usada na correção foi “gijinka”, que originalmente significa “antropomorfização” ou “personificação”.

Embora toda uma história de vida tenha sido criada para Hello Kitty, incluindo o detalhe de ela ter um gatinho como bicho de estimação, o site esclarece que as palavras “menino” ou “menina” nunca foram usadas para se referir à personagem. Inclusive, nas histórias da Disney, Minnie Mouse também possui um gato de estimação – o que não a transforma automaticamente numa pessoa.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Empresa japonesa esclarece confusão e diz que Hello Kitty é, sim, uma gata

Deixe o seu comentário