Igreja publica cartilha com dicas de moda para orientar evangélicos

Larissa Oliveira aposta em terno e salto para levantar a produção (foto: Adriano Vizoni/Folhapress)

Larissa Oliveira aposta em terno e salto para levantar a produção (foto: Adriano Vizoni/Folhapress)

Pedro Diniz, na Folha de S.Paulo

“Minha mãe quase me levou para a Febem. Eu usava drogas, namorava um traficante e sempre estava com roupas muito curtas, vulgares. Hoje o Espírito Santo me toca quando me visto.”

Esse é o testemunho que Ana Carolina Xavier, 18, dá quando quer evangelizar as amigas que não entendem seu look atual: uma blusa branca abotoada até o colo e uma calça jeans que pouco delineia o corpo.

Com peças apropriadas “para adorar a Deus”, ela frequenta o Templo de Salomão, espaço de proporções faraônicas para 10 mil pessoas construído pela Igreja Universal, aberto há um mês no Brás, zona leste de SP.

Como a maioria das 33 pessoas entrevistadas pela Folha na saída de três encontros religiosos no templo, Ana Carolina não lê revistas de moda. Mas está atenta às instruções de sites evangélicos e às de Flavia Francellino, uma jovem repórter de comportamento do jornal institucional da igreja, a “Folha Universal”.

“Esqueça legging”, “observe se algo está marcando” e “não se maquie como se fosse para a São Paulo Fashion Week” estão entre as recomendações de Flavia, que publicou neste mês um texto chamado “O que vestir para ir ao Templo de Salomão”, reproduzido nas redes sociais. Ela não quis dar entrevista para esta reportagem.

“Me vestia como uma qualquer, com shorts curtos para chamar a atenção”, conta a auxiliar de enfermagem Tatiane Cardoso, 34.

“Perdi meu amor antes de entrar para a igreja porque usava tudo de forma vulgar. Hoje, se for para usar renda, que seja com uma blusa por baixo”, diz a manicure e cabeleireira Aline de Jesus, 24.

VIRTUOSA ELEGANTE

As fieis afirmam que, independentemente da roupa, a mulher tem de estar “virtuosa”. Isto é, “andar na moda, elegante, mas não mostrar tanto o corpo num lugar que é para você se reportar a Deus”, explica a secretária curitibana Fernanda Martins, 21.

Ela, que usava um vestido estampado em tons de azul, diz escolher também as roupas do namorado, o eletricista Felipe José, 24. O casal se conheceu num programa de reuniões da igreja para aproximar jovens.

“Gosto de vesti-lo no estilo esporte fino”, conta ela, enquanto ele, tímido, concorda com tudo. “Mas tem que estar com todos os botões fechados, né? Não gosto se ele sai com a camisa aberta.”

À RISCA

Por meio de sua assessoria, a Igreja Universal afirma que não há regras de vestimenta para frequentar o Templo de Salomão e que as informações publicadas são pontos de vista dos profissionais do jornal.

A diarista Maria Helena Soares, 43, porém, gosta de seguir à risca as orientações dos pastores para não usar “regatas, bermudas, maquiagem pesada e bonés dentro do Templo.” Ela usava uma saia até os pés combinada com blusa lilás e cachecol.

Dona de casa, Cleide Santos, 55, diz que “Deus vem mudando a visão do povo, evangelizando o mundo e fazendo as pessoas perceberem que o que importa é o caráter e a integridade. Amém?”.

Dicas de moda da ‘Folha Universal’

  • Jeans são megaconfortáveis, mas para esta ocasião não devem sair do armário
  • Estampas chamativas, como animal print, devem ficar aposentadas
  • Esqueça legging, faça isso um mantra na sua vida
  • Blusas transparentes usadas com segunda peça por baixo propõem um visual contemporâneo
  • Saia mídi [na altura do joelho] deixa a composição para lá de elegante, enquanto a combinação com pantalona a deixa despretensiosa

Leia depoimentos de fieis sobre moda no blog Peça Única.

Jenifer Almeida usa meia grossa para não mostrar as pernas (foto: Adriano Vizoni/Folhapress)

Jenifer Almeida usa meia grossa para não mostrar as pernas (foto: Adriano Vizoni/Folhapress)

Maria Helena Soares arremata a saia longa com um cachecol (foto: Adriano Vizoni/Folhapress)

Maria Helena Soares arremata a saia longa com um cachecol (foto: Adriano Vizoni/Folhapress)

Felipe e Fernanda Martins em looks escolhidos por ela (foto: Adriano Vizoni/Folhapress)

Felipe e Fernanda Martins em looks escolhidos por ela (foto: Adriano Vizoni/Folhapress)

A cabeleireira Fabrícia Almeida, 25 (foto: Adriano Vizoni/Folhapress)

A cabeleireira Fabrícia Almeida, 25 (foto: Adriano Vizoni/Folhapress)

 

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Igreja publica cartilha com dicas de moda para orientar evangélicos

1 Comentário

  1. Natan disse:

    Sinto falta dos dias em que lá no Riacho Grande minha igreja recebia traficante, criança que não tinha o que comer, prostitutas, aidéticos, travestis, nordestinos que chegavam sem comida, casa e dinheiro. No tempo em que cristão andava de joelhos, se vestia de pó e ficava com o rosto marcado pela felicidade de louvar ao senhor independente de renda, status ou tendência. Ninguém faz uma cartilha de como receber essas pessoas que precisam de socorro, hoje a moda é atingir surfista, classe média, ser “cool”, falar com as pin-ups modernas. Jamais imaginei que eu viveria pra ver essa barbaridade. Para Cristo o que veste chinelo havaiana e o que veste terno armani tem o mesmo preço, o sangue.

Deixe o seu comentário