Malafaia diz que Dilma o persegue por pedir cadeia aos mensaleiros

“Esses caras aí [os pastores] falam isso de mim por dor de cotovelo. Porque tomam o maior sarrafo da minha teoria teológica. Só um idiota babaca pra falar o que essas caras falaram!”

Manifestação organizada pelo pastor evangélico Silas Malafaia em frente ao Congresso Nacional, em Brasília, reúne multidão em favor da liberdade religiosa, da vida e da família tradicional em Brasília (foto: Roberto Jayme/UOL)

Manifestação organizada pelo pastor evangélico Silas Malafaia em frente ao Congresso Nacional, em Brasília, reúne multidão em favor da liberdade religiosa, da vida e da família tradicional em Brasília (foto: Roberto Jayme/UOL)

James Cimino, no UOL

O pastor Silas Malafaia disse durante entrevista ao UOL o motivo pelo qual votaria em qualquer candidato (“até em Levy Fidelix”) contra a presidente Dilma Rousseff. Segundo ele, a candidata petista e seu partido o perseguem desde que ele fez uma manifestação no ano passado, em frente ao Palácio do Planalto, pedindo cadeia aos mensaleiros.

“O PT trata bandido como exemplo! Chega de PT. Doze anos do partido que mais roubou na história!”, disse o pastor, que no ano passado intimidou fieis de sua igreja que não denunciassem pastores acusados de corrupção. “Ninguém deve se meter com os ungidos de Deus. Meu irmão, isso é coisa muito séria, eu já vi gente morrer por causa disso!”

Leia abaixo a íntegra da entrevista:

UOL – Entrevistamos dois pastores, um da igreja Betesda e outro da igreja Anglicana, e perguntei a eles sobre sua influência política entre evangélicos. Eles disseram que o senhor tem menos influência do que gosta de propagar. O que o senhor acha disso?

Silas Malafaia – Olha, quem fala isso deve ter dor de cotovelo de mim. Todas as vezes que me posicionei sobre isso, eu disse que não existe líder evangélico máximo no Brasil. Todos os líderes evangélicos têm uma certa influência. E não fui eu que falei, que me posicionei [sobre a mudança no programa de governo de Marina Silva], foi Jean Wyllys. Foi o ativismo gay. Eu apenas me dirigi a quem me segue. E isso é um direito meu. Aí ele quem disse que por minha causa a Marina mudou. E esses caras aí [os pastores] falam isso de mim por dor de cotovelo. Porque tomam o maior sarrafo da minha teoria teológica. Só um idiota babaca pra falar o que essas caras falaram! Olha o termo que eu vou usar: Idiota babaca!!! Nunca falei que sou melhor que os outros. Não me dou essa importância.

O senhor disse em várias ocasiões que não apoiaria Marina porque ela, como cristã, não era muito assertiva. Por que o senhor mudou de opinião?

Eu falei isso quatro anos atrás. Lembra que na eleição presidencial passada o negócio ficou acirrado por causa de aborto? Então, aí a Marina chegou a disse assim: “Eu faço um plebiscito sobre o aborto.” Para mim ela tinha que dizer o seguinte: “Eu sou contra o aborto, mas apoio um plebiscito.” Achei hipocrisia. Aí eu deixei de apoiá-la e fui até o Serra. Usei a seguinte frase: “Pior que um ímpio é o cristão que dissimula.” Fiquei indignado na época. Mas usar uma coisa de quatro anos atrás não tá valendo pra agora.

O senhor acha que ela muda muito de opinião como Aécio e Dilma estão dizendo?

Acho que ela muda menos de opinião que eles. O que Aécio e Dilma dizem está no campo do debate político. Interesse eleitoral.

Por que o senhor diz em seu Twitter que a presidente Dilma o ataca?

Meu filho, eu estou sofrendo a maior perseguição que nenhum pastor, padre ou igreja já sofreu até hoje. Em junho do ano passado nós fizemos uma manifestação em Brasília, com 70 mil pessoas às quatro horas da tarde em que eu pedi cadeia aos mensaleiros. Botei pra arrebentar! Um mês depois, olha que coincidência incrível, a Assembleia de Deus Vitória em Cristo e a Associação Vitória em Cristo, em que eu trabalho com obras sociais e programas de televisão, entraram em procedimento fiscal. Estou há 14 meses com várias equipes de auditores para fazer uma devassa nas minhas contas. Eu disse: “Eu não sou ladrão, vão quebrar a cara.” Fiquei quieto na época senão iam dizer que eu estava com medo. Eles usam a prática nazista, comunista, fascista para detonar a credibilidade de pessoas! É a prática deles meu irmão! Agora tem a eleição e eu estou em cima! E eu te digo uma coisa: Se o Levy Fidélix fosse para segundo turno contra a Dilma eu votaria nele. E deixa eu te falar outra coisa que eu acho importante dizer: Marina não é candidata dos evangélicos. Marina é a candidata do brasileiro que quer mudança no país. Tem evangélico que vota em Aécio. Tem evangélico que vai votar na Dilma. Ela é a candidata de todo mundo que está de saco cheio do PT. O PT trata bandido como exemplo! Chega de PT! 12 anos do partido que mais roubou na história!

Quanto o senhor acha que seu twitaço influenciou na decisão de Marina Silva em mudar seu programa de governo?

Se os meus tuítes tivessem influenciado Marina, ela teria modificado um monte de coisa do seu programa que eu continuo sem concordar. Os meus tuítes deram alerta para que o pessoal da campanha verificasse o que os ativistas LGBT da campanha fizeram. E o ativismo gay quer tudo e dane-se o que os outros pensam. E eu não estou falando dos homossexuais, estou falando do ativismo gay. Agora, o programa da Marina não tem uma linha que contemple a ideologia cristã…

O que o senhor gostaria que tivesse contemplado da ideologia cristã no programa?

Nada! Não quero privilégios para evangélicos! O que eu disse foi que tem muitos pontos ali que eu não concordo, como adoção de crianças por homossexuais. Não concordo.

Mas o senhor discorda, por exemplo, que outros 29 direitos civis que são negados aos homossexuais sejam regulamentados, como o direito a herança, por exemplo…

Quem disse que precisa de união civil para ter herança? Herança o cara deixa para qualquer um. Isso é falácia…

Na verdade não é bem assim. Segundo o Código Civil brasileiro, 50% da herança, por lei, tem que ir para seus herdeiros necessários, que são os filhos, depois os pais e em terceiro o cônjuge. Você só pode dispor dos outros 50%…

Então, aí vai para os pais dos homossexuais também. É igual para todo mundo…

Sim, mas os homossexuais nem sempre querem deixar sua herança para seus pais, que na maioria das vezes renegam esses filhos ou os expulsam de casa…

E o cara que quer deixar para a mulher e o pai também não quer? A sociedade tem mais união hétero ou união gay? É a lei meu irmão! Então, meu amigo, isso tudo é falácia para poder ter privilégios…Outra que vocês da imprensa colocaram: cura gay. Meu irmão, eu sou psicólogo. Em nenhuma instância de psicologia no mundo o terapeuta pode impor nada a ninguém. Em qualquer escola das ciências humanas é o paciente quem decide. O ativismo gay é tão violento que está decidindo pelos outros homossexuais. O cara tem a orientação que ele quiser. Se o cara é hétero e aparece dizendo: “Eu tô com uma confusão, eu sou hétero, mas acho que tenho que ser homossexual…” Agora vou fazer uma lei dizendo que o hétero não pode ir para o psicólogo?

Mas o senhor acha que uma pessoa pode mudar de orientação sexual?

Claro! É comportamento…Onde que na ciência alguém diz que nasce gay? Me diga quem é o gênio que provou que é genético?

Não existe comprovação nem que sim nem que não. Vários estudos dizem que sim, outros vários dizem que não…

Ahn? Querido, deixa eu falar uma coisa: tem um cara chamado Francis Collins. Ele é o geneticista que comandou o grupo do genoma humano. Ele disse que não existe nenhum indício de gene homossexual. A casa caiu…

Foi publicada recentemente uma reportagem sobre um estudo feito pela professora Jenny Graves, doutora pela Universidade da Califórnia em Berkeley, que aponta evidências genéticas na homossexualidade

Filho… Filho… Suposição filho… Teoria filho… Não fala isso não… Quem determina é a genética. Eu estou falando de um dos maiores caras da genética do mundo. O maior cientista vivo da atualidade. Não tô falando de pastor de igreja evangélica. Eu vou falar de ciência com você. A criança quando nasce tem uma predisposição de herdar características psicológicas do sexo que tem em seu nascimento. Homossexualismo é um comportamento. Qual é a prova de que é um comportamento? Ele pode deixar de ser. Na minha igreja tem vários casos. Quantos você quer que eu te apresente? Eu atendo gente, não como psicólogo, mas como pastor. Então, o cristianismo é uma ideologia. A sociedade ocidental vive no modelo judaico cristão. Mas quem criou a monogamia? O cristianismo. Quem criou o casamento? O cristianismo. Uma coisa é a igreja, a outra coisa é a ideologia cristã…

Se uma coisa é igreja, outra coisa é ideologia cristã e outra coisa é o Estado, o senhor acha adequado pedir que seus fieis elejam deputados que vão defender os interesses da igreja?

Primeiro que eu não elejo deputado para defender interesse de igreja! Eu elejo deputado para defender a ideologia cristã! Michael Sandall é um professor de Harvard que diz o seguinte: “Não se tira do debate político a questão de moral e de princípios, nem a questão religiosa, porque o Estado é laico, mas as pessoas não.” Você já viu comunista ser comunista só na política? Comunista é comunista em casa, no trabalho, na rua…

Mas o comunismo não é uma religião…

É uma ideologia, assim como o cristianismo. Nem tudo que vem do cristão é religião. É o pensamento cristão que está na sociedade ocidental. Família de homem, mulher e criança. Eu posso defender isso, assim como outro pode defender que família são dois homens ou duas mulheres…

E por que os dois não podem coexistir no mesmo Estado e com os mesmos direitos?

Que coexistir!? Querido, deixa eu te contar uma coisa: um dos pilares do Estado democrático de direito é a liberdade de se expressar. Quando você quer que todo mundo pense a mesma coisa é a ditadura da opinião. E eu sou livre para dizer: “eu não concordo com isso”.

Pastor, vou repetir a pergunta: por que a nossa sociedade chegou a um ponto em que os evangélicos, os LGBT, as feministas não podem coexistir e ter os mesmos direitos civis?

E quem disse que não estão coexistindo?

Não em paz. Está acontecendo uma batalha ideológica que está pautando as eleições…

Qual batalha ideológica, meu amigo? Que batalha ideológica?

Os candidatos estão usando as reivindicações dos LGBT, dos evangélicos e das mulheres como moeda de troca por votos…

A única coisa que Marina tirou foi o casamento gay. De resto, a pauta mais avançada para o ativismo gay está no programa dela. E os caras fizeram um estardalhaço. E não tem uma linha de pensamento cristão. E nem eu estou pedindo. Agora a Dilma é outro caso. Ficou quase quatro anos no poder, com maioria absoluta no Congresso e agora vem dizer que vai fazer alguma coisa para a igreja evangélica? Só pensando que nós somos otários! Agora vem dizer que vai lançar programa de governo… Eu vou rir. Se eles colocarem qualquer coisa [pauta para evangélicos] nós vamos lamber de pau. Porque tiveram quatro anos e maioria e não fizeram. Agora esse negócio de cobrar imposto de igreja? Em países com Suíça, Inglaterra, Holanda, as igrejas ainda recebem dinheiro do governo…

Mas as críticas que existem sobre igrejas como a sua e a Universal do Reino de Deus é a de que elas se tornaram instituições financeiras…

Posso falar uma coisa com você? Se tem um cara de que tem discordância do Edir Macedo sou eu. Tenho discordâncias profundas dos métodos dele. Mas eu sei ver outro lado. Se não é a igreja, essa sociedade aqui era um buraco, com drogas…Nego fala de cobrança de tributo porque tem na mídia um preconceito por causa de alguns maus exemplos. Dão uma ênfase a isso porque a igreja evangélica tem crescido assustadoramente e isso incomoda alguns setores da sociedade. Agora, chamei uma vez o Jean Wyllys e disse pra ele: Vamos fazer um plebiscito para ver se a sociedade aceita o casamento gay? Ele não aceitou!

Mas o senhor acha que casamento gay é assunto para plebiscito? Em que o casamento gay afeta o casamento hetero?

Querido! Querido! Não é afetar. Você querer dar status a um comportamento arrasto (sic) como eles querem…

Mas o senhor não acha que essas pessoas constroem vidas? Elas têm laços afetivos e financeiros em comum…

Querido! Querido! Eu não acredito em casamento gay! Eu não acredito que dois homens e duas mulheres possam criar uma criança! Você fale o que você quiser! É o que eu penso. E você não pode me impedir de pensar assim!

Mas o senhor acredita que o senhor pode impedir que duas pessoas que acreditam em casamento gay vivam assim?

O que é impedir?

Impedir a votação dessas pautas no Congresso. Pressionar candidatos…

Ué, manda os gays colocarem seus representantes lá para defender suas causas!

Este é um raciocínio distorcido, afinal a população LGBT tem menos representação que a população evangélica, certo?

Nós não somos maioria no país, amigo…

Mas o número de evangélicos é maior que o de LGBTs, certo?

Mas claro que somos!

Então, voltamos à pergunta: por que impedir que quem pense diferente viva diferente tendo os mesmos direitos, já que o senhor exalta tanto a liberdade de expressão?

Cada um viva o que quiser e dê o nome que quiser! Casamento para nós é o sacramento entre o homem e a mulher! Isso é conversa para boi dormir e eu não sou boi! Isso é conversa para boi dormir e eu não sou boi! Ora, eu não tenho que te convencer de porcaria nenhuma! Você como jornalista está errado! Você está perguntando para defender uma causa! Eu não tenho que te convencer de coisíssima nenhuma!

O que eu quero saber é em que dar direitos aos homossexuais prejudica o senhor e os seus fieis…

A história aqui não é essa! E eu vou te provar que não é…O que eles querem é ensinar homossexualidade na escola.

A proposta, na verdade, é de ensinar a tolerância na escola.

Não senhor. Uma banana! Cartilha para ensinar homossexualidade? É uma aberração! Eles querem estabelecer uma anormalidade na sociedade!

Uma anormalidade em sua opinião, certo?

Não. É uma anormalidade na real. Na pesquisa. Se você fizer uma pesquisa profunda, você colocaria assim: “Cuidado que gayzismo pode fazer mal à saúde. Doenças…Problemas…Um dos menos consistentes entre os relacionamentos…” Vamos fazer o seguinte? Vamos deixar todo mundo ser gay. Estamos falando de sustentação da civilização, rapaz! Junta dez mil casais gays e manda pra uma ilha pra ver o que acontece.

Do jeito que o senhor fala, parece que todo mundo quer ser gay. E em países onde os direitos dos LGBT são amplamente reconhecidos os héteros não desapareceram nem os gays aumentaram de número…

Aumentou, sim! Tem vários dados…E retira isso aí que eu não disse isso! Você está botando palavras na minha boca! Eu estou defendendo uma tese com você. Se colocar 10 mil casais gays em uma ilha eles vão desaparecer.

Sim, mas nas sociedades onde os direitos dos LGBT são reconhecidos os heterossexuais não despareceram…

Tudo o que vem bombardear a família tradicional eu sou contra! Agora, eu estou impedindo alguém de ser gay, rapaz?

Se o senhor fosse presidente da República, que solução o senhor daria a essa questão dos direitos dos LGBT?

Eu não sou presidente e não posso responder isso pra você e nunca vou poder responder!

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Malafaia diz que Dilma o persegue por pedir cadeia aos mensaleiros

1 Comentário

  1. Joel disse:

    O ‘jornalista’ não entrevistou, ele promoveu um debate com o Pastor Silas, defendendo do início ao fim a bandeira da boiolagem.
    Ele esqueceu tudo o que aprendeu na escola de jornalismo .
    Que jornalistazinho sem vergonha e sem ética!

Deixe o seu comentário