Garotinho usa espaço de entrevistas da TV Globo para atacar a emissora

very-little-boy

Publicado na Folha de S. Paulo

O deputado Anthony Garotinho (PR), candidato ao governo do Rio, usou espaço concedido pela TV Globo para entrevista com candidatos no telejornal “RJTV” para atacar a emissora. Garotinho citou casos envolvendo a TV Globo para se defender das acusações de que é alvo.

“Acusação todo mundo tem. Agora mesmo acusaram a Globo de estar envolvida num desvio milionário com laranjas em paraísos fiscais. Eu não sei se a Globo é culpada, até acho que é. Mas é uma opinião minha, quem vai dizer isso é o juiz. Disseram que a Globo sonegou bilhões. É para ver como as injustiças acontecem. A Globo pode estar sendo vítima de uma injustiça”, afirmou o candidato.

A emissora foi multada, em outubro de 2006, em R$ 615 milhões por supostas irregularidades na compra de direitos de transmissão da Copa de 2002. Segundo fiscais da Receita Federal, a emissora fez manobras para não pagar R$ 183 milhões em Imposto de Renda. A Receita não aceitou a defesa da emissora, que, em 2009, aderiu ao Refis (Programa de Recuperação Fiscal) e parcelou seus débitos.

Coube à apresentadora Mariana Gross dar a posição da emissora após a entrevista com o candidato. “A TV Globo nada sonegou. A TV Globo paga seus impostos.”

Garotinho também ironizou a emissora ao lembrar a autocrítica feita pelas Organizações Globo por seu apoio editorial à ditadura militar. Questionado sobre por que não havia reduzido o IPVA e acabado com a vistoria veicular anual, como promete fazer agora, em seu primeiro governo, o deputado disse:

“Não fiz, mas vou fazer agora. Quantas coisas na vida a gente faz uma autocrítica. A Globo, por exemplo, apoiou a ditadura. Depois, passou um tempo, fez uma autocrítica e reconheceu que não deveria ter apoiado a ditadura.”

As Organizações Globo, atualmente chamadas de Grupo Globo, publicaram em setembro de 2013 um editorial no jornal “O Globo” em que reconhecem como um erro o apoio ao golpe e à ditadura militar.

AÇÕES NA JUSTIÇA

O ex-governador responde a 13 ações por improbidade administrativa, boa parte delas relacionadas a contratação de ONGs. Garotinho ironizou também as ações nas quais é réu.

“Eu gostaria de saber onde foi parar esse dinheiro. Quem comprou fazenda foi o [ex-deputado Jorge] Picciani, milionário, ‘rei do gado’. Quem comprou casa em Mangaratiba foi o [ex-governador] Sérgio Cabral, lanchas, iates e viagens a Paris. Quem montou uma fazenda cinematográfica foi o [deputado] Paulo Melo. Eu levo uma vida normal, de classe média. Devo ser incompetente para roubar. Se você diz isso tudo e eu não tenho esse dinheiro. Sou vítima de muitas perseguições”, afirmou o candidato do PR.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Garotinho usa espaço de entrevistas da TV Globo para atacar a emissora

2 Comentários

  1. Joel disse:

    Enfim, alguém que não se intimidou diante da “poderosa” rede esgoto.
    Aquilo não foi entrevista, foi um debate entre globo × Garotinho.
    Sinceramente, por essa eles não esperavam.
    Garotinho é odiado pelos donos da emissora, pois quando foi governador não se vendeu a eles.
    http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/eleicoes/2014/noticia/2014/09/rjtv-entrevista-anthony-garotinho-candidato-ao-governo-do-rj.html

  2. Joel disse:

    Assista a “Garotinho rasga jornal O Globo na tribuna da Câma…” no YouTube
    Garotinho rasga jornal O Globo na tribuna da Câma…: http://youtu.be/RjbD_zIQLUQ

Deixe o seu comentário