Com ‘Petralinha’ e ‘Reacinha’, guerra das bonecas agita campanha eleitoral

petra

reacinha

Publicado por Mônica Bergamo

No Dia das Crianças, a disputa entre Aécio Neves e Dilma Rousseff ganhou bonecas como cabos eleitorais.

De um lado está a Petralinha, criada por eleitores tucanos. Ela “vem com bonequinho do Sarney, do Maluf e do Collor”, “sabe cantar o hino de Cuba” e “acredita no comunismo”. Do outro está a Reacinha, criada por seguidores da petista. Ela é “a boneca que fala merda!”, porque “ser escroto é uma gracinha”.

As imagens foram distribuídas na Semana da Criança por eleitores dos candidatos nas redes sociais.

Com o comando “aperta na coxinha”, a Reacinha diz: “Nordestino não deveria votar”, “Cadê o mês da consciência branca?” e “Direitos humanos, só para humanos direitos”. A Petralinha também tem os seus slogans: “Coitadinho do bandido, não teve chance na vida”, “Mensalão não existiu!! E o do PSDB?” e “Isso é coisa dazelite, da mídia golpista e da zelite branca”.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Com ‘Petralinha’ e ‘Reacinha’, guerra das bonecas agita campanha eleitoral

2 Comentários

  1. […] Com ‘Petralinha’ e ‘Reacinha’, guerra das bonecas agita campanha eleitoral […]

  2. Julinha disse:

    Concordo com tudo que ela diz, nota 10

Deixe o seu comentário