Cantor baiano cria ‘axé do ebola’ e recebe críticas de internautas em site de vídeos

10614273_506683702767557_6723180598017085156_n

Publicado em O Globo

Em meio a uma epidemia que, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), já fez mais de quatro mil vítimas, desde março, na África, há quem consiga encontrar humor. O cantor Demétrius Sena, postou no YouTube um clipe com uma música de axé que brinca com o surto de ebola. “Ebola, ebola, tentando me matar/ Ebola, ebola, vai te contaminar”, diz um trecho. Postado no último dia 27, o vídeo teve mais de 33 mil visualizações e uma enxurrada de críticas.

Natural de Ilhéus, na Bahia, Sena trabalha com música desde 2009 e atualmente vive na Suíça, onde segue sua carreira musical. Ele conta que a letra, que faz uma ligação entre o ebola e uma menina que “adora ostentar”, propõe, na verdade, uma reflexão sobre a sociedade brasileira.

– Estive no Brasil recentemente de férias e percebi a grande falta de percepção das pessoas em relação à realidade. Fiz essa música em setembro para fechar o meu primeiro CD – conta Sena sobre a motivação por trás do trabalho. – No meu ponto de vista, quem ostenta tem uma mente pequena. Esta década está contaminada e ameaçada pelo vírus ostentação, que é tão desgraçado quanto o vírus ebola. É uma metáfora.

O clipe, que não para de ganhar compartilhamentos nas redes sociais, também vem enfrentando críticas. Para alguns internautas, o ebola é um tema sério demais para este tipo de abordagem. Sena dá de ombros:

– Estou usando a minha música pra fazer uma crítica ao sistema. Quis pisar nesse calo. Não ligo muito para críticas, levo na esportiva.

Perguntado se a música já pode ser considerada candidata a hit do verão, Sena afirma que esta não era a sua intenção. Entretanto, ele não descarta a possibilidade.

– Não fiz essa canção com a pretensão de criar um hit ou muito menos a música do carnaval. Foi apenas um protesto. Mas com a repercussão que está causando e se as pessoas conseguirem captar a minha mensagem, seria facilmente uma boa candidata à música do verão 2015 – vislumbra.

Abaixo, a transcrição da música:

Aqui não tem novinha

Não tem ostentação

Só muita verdade

Pra ganhar seu coração

Não sabe o português

Mas adora ostentar

Tomando Chandon

‘chei’ de conta pra pagar

Vai ver que é doença

Melhor não falar nada

Cabeça pequena

Espírito de privada

A nova geração

Que chegou pra desgraçar

O Brasil como um vírus

Estilo ebola

Ebola, ebola, tentando me matar

Ebola, ebola, vai te contaminar

Ebola, ebola, que miséra é essa

Comendo sua mente

Sai da frente tô com pressa

MAIOR EMERGÊNCIA NOS TEMPOS MODERNOS

A Organização Mundial de Saúde (OMS) informou nesta segunda-feira (13) que a epidemia de ebola é a “emergência de saúde aguda mais grave nos tempos modernos”. Além do aviso alarmante, a organização previu que o número de novos casos pode “aumentar exponencialmente”.

As declarações foram feitas pela diretora-geral da OMS, Margaret Chan. Segundo ela, o surto de ebola mostrou que “o mundo está mal preparado para responder a qualquer emergência de saúde pública grave”. Chan afirmou ainda que nunca tinha visto uma doença com potencial de falência do Estado tão destrutivo.

– Nunca vi um caso de saúde pública ameaçar tanto a própria sobrevivência das sociedades e governos em países já muito pobres – disse a diretora-geral da OMS.

O diretor do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA, Tom Frieden disse também na segunda-feira (13) que o país deve repensar as estratégias para evitar que a epidemia de ebola se alastre em território americano. Em uma coletiva de imprensa, Frieden reconhceu falhas no caso da enfermeira Nina Pham, de 26 anos, infectada enquanto tratava do paciente Thomas Eric Duncan, que morreu em decorrência do vírus na semana passada.

– Temos que repensar a nossa forma de tratar e controlar a epidemia, porque mesmo uma única infecção é inaceitável – disse Frieden.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Cantor baiano cria ‘axé do ebola’ e recebe críticas de internautas em site de vídeos

1 Comentário

  1. […] Cantor baiano cria ‘axé do ebola’ e recebe críticas de internautas em site de vídeos ‘Ebola, ebola, tentando me matar’ diz a letra no vídeo, que já teve mais de 33 mil […]

Deixe o seu comentário