Pesquisa mostra que ninguém liga para suas férias

tropical-vacation

publicado na Galileu

Ninguém quer saber se sua viagem para a Grécia foi inesquecível. É isso que umnovo estudo publicado na Psychological Science afirma: você pode até achar que suas experiências merecem ser compartilhadas, mas isso carrega um custo social.

Para os pesquisadores de Harvard, o diálogo costuma funcionar melhor quando as pessoas dividem experiências em comum. Dentro dessa premissa, situações como “acabei de voltar de Miami” normalmente não envolvem uma grande troca, e isso faz com que a atenção diminua.

De acordo com Gus Cooney, autor do projeto, isso pode gerar até mesmo consequências ruins: “As pessoas vão se sentir alheias e com pouco a dizer sobre determinado assunto. E no pior dos casos, podem sentir inveja e ressentimento por ter vivido tal experiência”.

O grupo chegou a essa conclusão depois de uma série de experimentos. No primeiro teste, a equipe dividiu os 68 participantes em grupos de quatro. Depois de divididos, os quartetos eram levados para uma sala com cabines onde alguns vídeos estavam passando. Por grupo, apenas um “sortudo” tinha acesso ao vídeo mais legal (julgamento dos pesquisadores), enquanto os outros ficavam com o menos interessante.

Logo que terminavam os vídeos, os participantes tinham que responder o quão felizes estavam se sentindo. Após isso, os cientistas de Harvard deixaram o quarteto conversando por um tempo após a exibição dos vídeos. Depois da conversa, responderam as mesmas questões.

Os resultados mostraram que aqueles que assistiram aos melhores vídeos ficavam mais “tristes” depois da conversa com seus colegas. Os pesquisadores entenderam que isso aconteceu porque o participante “sortudo” – mas nem tanto – se sentiu isolado da conversa dos outros três.

Para acompanhar o primeiro estudo, outros testes relacionados ao tema foram realizados pelo time de Harvard. Eles descobriram que as pessoas não imaginavam que esse tipo de situação era possível: quando perguntadas como se sentiriam nas respectivas ações, responderam que a conversa não seria capaz de diminuir a felicidade dos que viram o vídeo mais legal.

Como conclui o autor, em divulgação oficial: “Se uma experiência transforma você em alguém que não possui nada em comum com os outros, não o importa o quão bom tenha sido, em longo prazo isso não lhe trará felicidade”.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Pesquisa mostra que ninguém liga para suas férias

Deixe o seu comentário