Levar cachorro para passear pode se tornar crime no Irã

Iraniana abraça cadela de estimação num bairro de Teerã (foto: Behrouz Mehri - 28.mai.2013/AFP)

Iraniana abraça cadela de estimação num bairro de Teerã (foto: Behrouz Mehri – 28.mai.2013/AFP)09

Publicado na Folha de S.Paulo

Um grupo de legisladores iranianos propôs classificar como delito criminal a posse de cachorros ou levá-los para passear em público. Infratores estariam sujeitos a pena de 74 chibatadas ou multa entre R$ 800 e R$ 8.000.

O jornal reformista iraniano “Shargh” reportou nesta quinta (6) que 32 legisladores, em sua maioria parte da bancada conservadora, apresentaram um projeto que será votado pelo órgão legislativo.

“Levar animais como cachorros e macacos para passear, e brincar com eles em lugares públicos, é prejudicial à saúde e paz de outras pessoas, especialmente crianças e mulheres, e é contra nossa cultura islâmica”, afirma o projeto.

De acordo com os costumes islâmicos, cachorros são considerados impuros. Os iranianos em geral não têm cachorros em casa, ainda que uma minoria, especialmente nos bairros ricos do norte de Teerã, goste de manter animais de estimação.

A polícia moral do Irã, cujos integrantes ficam postados em lugares públicos, já vinha reprimindo os proprietários de cachorros, advertindo-os ou confiscando seus animais.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Levar cachorro para passear pode se tornar crime no Irã

Deixe o seu comentário