Versão do Facebook para ser usada no trabalho já está em testes

A novidade competirá diretamente com as soluções corporativas do Google (Drive, Gmail) e da Microsoft (Office, OneDrive)

imagem

Publicado no Olhar Digital

O Facebook está próximo de lançar uma versão da rede social exclusiva para o ambiente corporativo. A novidade, segundo o Financial Times, já está em testes dentro de algumas companhias.

Não é a primeira vez que se fala sobre a iniciativa. O FT diz que a versão é chamada de “Facebook at Work”, o que combina com uma notícia publicada pelo TechCrunch em junho. A diferença entre as reportagens está na escrita: para o TechCrunch, fontes disseram que é “FB@Work”, mas como @, em inglês, se diz “at”, as duas histórias combinam. Em português, seria algo como “Facebook no Trabalho”.

O FB@Work teria um formato quase idêntico ao Facebook convencional, com feed de notícias, grupos e chat, mas sem fotos de família, baladas etc. Ao separar a vida pessoal dos usuários da profissional, o Facebook dribla a desconfiança de muitas empresas que bloqueiam o acesso à rede social para evitar distrações.

Há muito tempo os funcionários de Mark Zuckerberg usam a rede social para se comunicar profissionalmente, e há alguns meses essa comunicação passou a ser feita pela versão corporativa do site, segundo o FT. Então surgiu a necessidade de expandir a ferramenta, levando-a a outras empresas.

Caso venha a ser lançada – o que não demoraria a ocorrer – a novidade competirá diretamente com as soluções corporativas do Google (Drive, Gmail) e da Microsoft (Office, OneDrive), porque o Facebook entende que documentos e mensagens poderão ser trocadas exclusivamente por ali. Também seria uma afronta ao LinkedIn.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Versão do Facebook para ser usada no trabalho já está em testes

1 Comentário

  1. Rogerio Lázaro disse:

    Sinceramente… não creio que essa versão (caso venha a ser lançada) terá tanto sucesso quanto a que temos hoje. Exatamente pelo fato de que a maioria esmagadora dos usuários do FB está interessada em futilidades. O FB realmente é uma ferramenta muito boa. O grande problema é a cabeça de quem usa a ferramenta. Chega a ser um desperdício a forma como a maioria usa o FB! Mudar uma plataforma ou adequar os recursos tecnológicos é menos complicado do que mudar a mentalidade dos usuários.

Deixe o seu comentário