Ex-ministro Márcio Thomaz Bastos morre aos 79 anos em SP

Márcio Thomaz Bastos, advogado de José Roberto Salgado no processo do mensalão (foto: Pedro Ladeira - 5.set.2013/Folhapress)

Márcio Thomaz Bastos, advogado de José Roberto Salgado no processo do mensalão (foto: Pedro Ladeira – 5.set.2013/Folhapress)

Publicado por Monica Bergamo

O ex-ministro da Justiça Marcio Thomaz Bastos morreu aos 79 anos na manhã desta quinta. A informação foi confirmada pela família.

Ele estava internado há alguns dias no hospital Sírio Libanês, em São Paulo, para tratamento de problemas no pulmão.

Desde o mês passado, o ex-ministro apresentava tosse e um pouco de fraqueza. Na semana passada, ele fez uma viagem de trabalho aos Estados Unidos e na volta apresentou um quadro de embolia, que chegou a afetar seu coração.

Thomaz Bastos é considerado um dos principais advogados criminalistas do país. Foi presidente da OAB-SP entre 1983 e 1985 e do Conselho Federal da OAB (1987 a 1989) antes de virar ministro da Justiça (2003 a 2007) no governo Lula.

No julgamento do mensalão, ele fez a defesa do ex-dirigente do Banco Rural José Roberto Salgado, condenado a uma pena de 14 anos e 4 meses de prisão por formação de quadrilha, lavagem de dinheiro, gestão fraudulenta de instituição financeira e evasão de divisas.

O ex-ministro driblou os médicos e chamou advogados de sua equipe envolvidos na Operação Lava Jato para despachar ontem no hospital Sírio-Libanês. Levou uma bronca da família.

Bastos foi internado há alguns dias por causa de uma embolia, definida no boletim médico como “descompensação de fibrose pulmonar”.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Ex-ministro Márcio Thomaz Bastos morre aos 79 anos em SP

Deixe o seu comentário