Meninas infratoras ganham casa de alto padrão com piscina em Rondônia

Jairo Barbosa, na Folha de S.Paulopiscinaro

Uma casa com piscina, área de lazer, cinco alojamentos climatizados, refeitório, consultório e duas salas de aula foi inaugurada na quarta (3) na capital de Rondônia para abrigar até 12 meninas envolvidas em crimes como tráfico, homicídio e assalto.

A casa de alto padrão, alugada pelo governo do Estado por R$ 14 mil mensais em um bairro nobre, é a primeira unidade exclusiva para meninas.

Quatro garotas já estão no local e outras duas devem chegar até domingo (7), informou o coordenador geral de Atendimento ao Adolescente em Conflito com a Lei da Secretaria de Justiça de Rondônia, Claudemir Pereira.

A equipe que vai atuar no local é composta por médico, enfermeiro, auxiliar de enfermagem, assistente social, psicólogo, professor e agentes socioeducativos.

Para Pereira, contudo, a casa ainda não é “o ideal”, pois não tem espaço suficiente. “Não chega a ser uma unidade modelo. As anteriores eram insalubres. Temos um terreno e ano que vem iremos iniciar a construção da unidade modelo”, diz.

Segundo o coordenador, todas as outras unidades do Estado estão em péssimas condições físicas. Em uma delas, um pavilhão inteiro está interditado por apresentar problemas de estrutura.

Também não há ar condicionado nem área de lazer em nenhum outro abrigo.

SUPERLOTAÇÃO

Em Rondônia, há 16 unidades para menores, sendo quatro na capital. Em todas as outras há garotos e garotas, em ambientes separados. No total, 240 crianças e adolescentes cumprem medida socioeducativa no Estado –90% são do sexo masculino.

Das quatro unidades em Porto Velho, três estão superlotadas –só há vagas na casa recém-inaugurada.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Meninas infratoras ganham casa de alto padrão com piscina em Rondônia

Deixe o seu comentário