Idoso morre cerca de duas horas depois da morte da mulher em Goiás

Ele morreu antes de saber do que ocorreu com a mulher, no dia de Natal.
Casados por 55 anos, parentes afirmam que união serve de ‘exemplo’.

José e Luzia foram casados por 55 anos (foto: Reprodução/TV Anhanguera)

José e Luzia foram casados por 55 anos (foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Publicado no G1

Um casal de idosos morreu com cerca de duas horas de diferença em Anápolis, a 55 km de Goiânia. José Mendes Boaventura, 75, e Luzia Alves Mendes, 74, foram casados por 55 anos e morreram na quinta-feira (25), dia de Natal.

Segundo familiares, eles estavam em locais separados quando a mulher, que estava doente há algum tempo, sofreu uma parada respiratória. “Minha tia chegou até ela [Luzia] para acordar, dar um café para ela e notou que ela já não estava respirando. Tentamos chamar o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) para reanimar, mas ela veio a falecer”, conta um sobrinho do casal, Jhonatas Guimarães.

Enquanto Luzia era atendida, José, que estava em uma chácara, também se sentiu mal. Ele foi levado a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) onde sofreu uma parada cardíaca e morreu, antes mesmo de saber que Luzia tinha morrido.

“Quando chegaram para me dar a notícia que a esposa dele tinha morrido, ele já estava morrendo lá no hospital. Não teve como nem eles saberem da morte um do outro”, diz outro sobrinho, Orias Alves Guimarães.

O casal é velado em uma igreja evangélica. Filha dos idosos, Tereza Rodrigues de Abreu afirma que apesar do momento de sofrimento, admira a união dos pais. Ela conta que esse era o desejo do casal, que um não tivesse que viver sem o outro. “Apesar de ser muito doído, foi muito bonito, foi um exemplo para qualquer casal”, disse.

dica do Gerson Caceres Martins

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Idoso morre cerca de duas horas depois da morte da mulher em Goiás

Deixe o seu comentário