Promessa de fazer exercícios no ano novo é ‘enrolação’, dizem especialistas

Ano Novo pode ser a pior época do ano para mudar estilo de vida.
Especialistas sugerem estabelecer metas que não dependem do calendário.

Resolução de Ano Novo de começar a fazer exercícios pode ser apenas maneira de adiar início das atividades físicas, para especialistas (foto: Reprodução/TV Gazeta)

Resolução de Ano Novo de começar a fazer exercícios pode ser apenas maneira de adiar início das atividades físicas, para especialistas (foto: Reprodução/TV Gazeta)

Publicado no Bem Estar

Quem quer ficar em forma em 2015 fará melhor se começar a se exercitar ainda hoje do que se depender da resolução de Ano Novo para dar início à malhação. A opinião é de especialistas em exercícios físicos ouvidos pela Reuters.

Emagrecer e ficar saudável e em forma está entre as cinco resoluções mais populares todos os anos, ainda que as grandes expectativas raramente sobrevivam ao primeiro semestre. “A resolução de Ano Novo é um tipo de uma meta de longo prazo grandiosa e glorificada que as pessoas tendem, por razões sociais, a começar no primeiro dia do ano”, diz Gregory Chertok, consultor de psicologia do esporte do Colégio Americano de Medicina do Esporte.

Os objetivos estabelecidos tendem a ser cheios de pressão, irrealistas e pouco propensos a serem de fato cumpridos, segundo Chertok. “‘Eu gostaria de cortar um pouco a junk food’ é uma meta mais fácil de ser cumprida do que ‘Vou renovar totalmente meu estilo de vida’, que é o tipo de objetivo estabelecido como resolução de Ano Novo”, diz o especialista.

Um estudo publicado na revista científica “Journal of Clinical Psychology” revelou que, enquanto 45% dos americanos fazem resoluções de Ano Novo, apenas 8% as cumprem.

Resolução é forma de adiar
Michele Olson, professora de ciência do exercício na Auburn University Montgomery diz que uma resolução de Ano Novo pode ser uma maneira de adiar o que pode ser feito hoje.

“Se há uma necessidade de exercícios – para aumentar a força ou diminuir a gordura corporal – eu digo ‘Vamos fazer um plano agora'”, diz Michele, acrescentando que o essencial é fazer um plano de longo prazo com objetivos de curto prazo.

“É por isso que atletas ficam em forma o ano inteiro. Eles têm um programa agendado e planejado para o ano inteiro com variações, dias de descanso e períodos de exercícios mais intensos e menos intensos”, diz. “É como um emprego: há muito pouco tempo de férias.”

Ano Novo: pior época para mudar
Cedric X. Bryant, líder científico do Conselho Americano de Exercícios, diz que o Ano Novo pode ser a pior época para fazer uma mudança no estilo de vida. “Para muitos, é a época mais movimentada, mais frenética”, diz, “e a maioria das pessoas tem uma mentalidade de tudo-ou-nada.”

Bryant diz que as pessoas que conseguem cumprir as metas se focam no progresso, não na perfeição, e prevêem “escorregadas” inevitáveis.

“As pessoas não gastam tempo em celebrar os pequenos sucessos”, diz. “Porque eles estão tão focados em uma meta arbitrária de peso, elas não percebem que estão dormindo melhor ou se sentindo menos ansiosas.” Chertok sugere estabelecer metas que não dependem do calendário para atingir bons resultados.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Promessa de fazer exercícios no ano novo é ‘enrolação’, dizem especialistas

Deixe o seu comentário