O melhor das pequenas mudanças

Em 2015, dê uma chance para a sorte

lounge-empreendedor-deixe-acontecerCristiane Segatto, na Época

Tudo o que desejo a você em 2015 é exatamente o que quero para mim: uma vida de mudanças. Não aquelas transformações mirabolantes planejadas a cada Reveillon e esquecidas na Quarta Feira de Cinzas. Penso nas mudanças miúdas, possíveis, ao alcance da mão. Que a gente possa realizar, em 2015, grandes mudanças a partir de pequenas ações.

Se você prometeu comer melhor no ano que vem, organize-se para isso. Perca (ou ganhe) quinze minutos do sábado para planejar o cardápio da semana. Compre só o necessário. Coma só o que vale a pena.

Se deseja dormir melhor, deixe fora do quarto o smartphone, o tablet ou qualquer outro aparelho eletrônico que emita luz. Está provado que eles atrapalham o sono e acabam com a qualidade da atenção no dia seguinte.

Se quer mais tempo para você, faça bom uso dele. Estabeleça horários para entrar nas redes sociais. Tire o melhor proveito da tecnologia em vez de ser dominado por ela. Desconecte-se mais vezes e olhe muito mais nos olhos.

Limpe as gavetas de todo tipo. Jogue fora o que não interessa mais. O emprego novo será o mesmo de sempre se você levar para ele os vícios do antigo.

Se quer encontrar o parceiro dos sonhos, dê uma chance para a sorte. Saia de casa, olhe o mundo, olhe em volta. Grandes amores e parcerias nascem do encontro de almas e interesses parecidos. Em vez de esperar pelo galope do cavalo branco, enxergue os encantos de quem está logo ali.

Fale menos. Bem menos, principalmente em lugares públicos. Esbanje emoções, economize palavras.

Consuma, mas não como uma máquina de torrar dinheiro. Valorize o belo, o relevante, o prazeroso. Aprenda, com os jovens de valor, que as melhores coisas da vida não são coisas.

Em 2015, quero para mim todos esses chavões simplórios. A vida nos leva menos a sério do que insistimos em levá-la.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for O melhor das pequenas mudanças

Deixe o seu comentário