Arqueólogos celebram descoberta de local onde Jesus Cristo teria sido julgado

Cientistas alegam ter encontrado restos do palácio de Herodes, onde aconteceu condenação, segundo Novo Testamento

Vista da Torre de David, em Jerusalém (foto: Reuters)

Vista da Torre de David, em Jerusalém (foto: Reuters)

Publicado em O Globo

Arqueólogos dizem ter descoberto os restos do palácio do rei Herodes, em Jerusalém – e com ele o local onde aconteceu o julgamento de Jesus, conforme descrito no Novo Testamento. As pistas para o achado, que vêm gerando repercussão mundial, apareceram durante a escavação de na área de um prédio abandonado perto do Museu da Torre de David.

Para estudiosos, é quase certo que o julgamento ocorreu no complexo de Herodes. Ele estaria localizado no lado ocidental da cidade, onde está o museu e uma prisão da era Otomana. O suposto local do julgamento está abaixo dessa antiga prisão. O julgamento teria acontecido “perto de um portão e em um pavimento de pedra irregular”, descreveu o jornal “Washington Post”, e esses detalhes se encaixam com os achados arqueológicos anteriores perto da prisão.

“Obviamente, não há qualquer inscrição informando o que aconteceu aqui, mas tudo – relatos arqueológicos, históricos e evangélicos – recai sobre este lugar e faz sentido”, disse o professor de arqueologia da Universidade da Carolina do Norte em Charlotte, Shimon Gibson, ao jornal.

Como trajeto percorrido pelos peregrinos cristãos que viajam a Jerusalém foi estabelecido há muito tempo, a descoberta pode mudar o caminho imediatamente. O Museu da Torre de David começou a elaborar planos para passeios ao redor do achado, e espera que isso se torne uma forte atração para os cristãos no futuro.

A escavação do local começou há 15 anos, como parte dos planos de expansão do museu. Enquanto os arqueólogos escavavam sob o antigo prédio abandonado ao lado do museu, encontraram os restos suspeitos do palácio.

Os restos foram descobertos sob uma prisão que foi usada quando a cidade era controlada pelos otomanos e britânicos. Os arqueólogos já sabiam, há algum tempo, que a prisão estava lá – mas não o que estava por baixo dela.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Arqueólogos celebram descoberta de local onde Jesus Cristo teria sido julgado

Deixe o seu comentário