Homens que postam muita selfie têm mais tendência à psicopatia e ao narcisismo, diz pesquisa

publicado no Brasil Post

Um novo estudo da Ohio State University sugere que homens obcecados por selfies têm mais chance de apresentar traços de narcisismo e psicopatia.

Um grupo de 800 homens entre 18 e 40 anos respondeu a questionários-padrão para comportamentos antissociais e auto-objetificação. Depois, os pesquisadores cruzaram esses dados com os hábitos fotográficos dos respondentes.

selfie

O estudo, que foi publicado na revista Personality and Individual Differences, concluiu que aqueles que postavam mais selfies tiraram índices maiores de psicopatia, auto-objetificação e narcisismo no questionário.

A coisa piora quando o cara ainda resolve dar aquela retocadinha no Photoshop: entre aqueles que editavam selfies antes de postar, os indicadores de narcisismo eram ainda mais altos.

Essas descobertas não querem dizer, porém, que os maníacos por selfie sejam todos psicopatas. A pesquisadora-chefe do estudo, Jesse Fox, enfatizou que os participantes do estudo, embora tivessem um comportamento mais anti-social que a média, não apresentaram indícios patológicos de psicopatia.

Fox afirmou acreditar que existe um ciclo vicioso de auto-objetificação: pessoas mais narcisistas postam mais selfies. “Likes” e comentários incentivam o narcisismo. Por sua vez, o narcisismo incentiva mais selfies, e por aí vai.

“Estamos muito preocupados com nossa apresentação online, mas o modo como fazemos isso revela algo sobre nossa personalidade”, afirmou em comunicado escrito.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Homens que postam muita selfie têm mais tendência à psicopatia e ao narcisismo, diz pesquisa

Deixe o seu comentário