Idosa de 109 anos revela segredo para longevidade: ficar longe dos homens

idosa

Publicado em O Globo

A mulher mais velha da Escócia revelou uma teoria surpreendente sobre o segredo para uma vida longa e saudável: um monte de mingau e ficar longe dos homens. Jessie Gallan comemorou seu 109º aniversário em um lar para idosos em Aberdeen, no dia 2 de janeiro, com uma simples fatia de bolo.

– Meu segredo para uma vida longa foi ficar longe dos homens. Eles são apenas mais problemas e não valem a pena – disse a aniversariante Daily Mail.

A idosa também fez questão de recomendar aos mais novos um estilo de vida simples, porém saudável.

– Eu também a certeza de que eu tenho a abundância do exercício, comer uma tigela de mingau quente e agradável a cada manhã e nunca se casar.

Gallan nasceu em uma casa de fazenda de dois quartos em Aberdeenshire e saiu de casa aos 13 anos para se tornar uma leiteira. Seu aniversário também revelou que uma forte ética de trabalho a ajudou a viver uma vida longa e feliz.

– É incrível ver o quão completamente diferente do mundo está agora do que eu cresci,” acrescentou.

Segredos ecléticos para longevidade sempre foram uma constante entre os super idosos. Em agosto do ano passado, por exemplo, uma mexicana completou 127 anos de idade e se tornou o ser humano mais velho do mundo. Na ocasião, ela revelou que seu amor por chocolate é era sua motivação para viver mais.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Idosa de 109 anos revela segredo para longevidade: ficar longe dos homens

1 Comentário

  1. É aquela velha imbecilidade de que muitas pessoas têm em querer dizer que o seu estilo próprio de vida é o modelo padrão a ser seguido pelo fato de serem bem sucedidas em alguma área da vida. Só por curiosidade… será que todas as mulheres que se privam do convívio com homens vivem mais? Conheço um monte de mulher que não quer saber de homem e vive doente e até morre cedo! E nós homens? Devemos nos privar das mulheres para viver mais? É nessa neurose que devemos viver? Mulheres culpando os homens como se fossem as únicas causas de problemas e vice-versa? É muita imbecilidade!

Deixe o seu comentário