Mulheres com bumbum grande são mais inteligentes e vivem mais, diz estudo

formiga-mel

Juliana Tozzi, no Virgula

Aposto que por essa você não esperava! Uma pesquisa feita por cientistas da Universidade de Oxford chegou a conclusão que mulheres com bunda grande e cintura fina vivem mais e são mais inteligentes do que as demais. Segundo o estudo, ter as nádegas de tamanho considerável também é um sinal preventivo contra o desenvolvimento de diabetes. Paolla Oliveira, Nicki Minaj e Jennifer Lopez são apenas algumas das celebs que se deram muito bem nessa! ;)

As vantagens de acumular gordura no derrière são maiores do que se pode imaginar. Se comparar a gordura que existe no abdômen feminino com a que existe nas pernas e nádegas, é possível constatar que a gordura proveniente da parte baixa do corpo possui mais hormônios que ajudam na metabolização de açúcares e outros tipos de lipídeos, ao contrário de outras partes, que acumulam essas substâncias.

Além disso, os pesquisadores asseguram que as mulheres com mais gordura no bumbum têm níveis menores de colesterol e glicemia e favorece os níveis de leptina, responsável por regular o peso e os níveis de dinopectina, que tem efeitos anti-inflamatórios, vasculoprotetores e anti-diabéticos.

Mas e a inteligência? Bem, ela se deve aos ácidos graxos Omega 3 que se acumulam e intervêm no desenvolvimento do cérebro. Os filhos nascidos de mães com quadris mais largos, segundo o estudo, são intelectualmente superiores aos filhos de mães menos voluptosas. Entretanto, isto não significa que as mulheres devam comer a mais ou exercitar a “protuberância” para ficarem mais inteligentes. O estudo deixa claro que o traseiro apenas avantajado determinado pela GENÉTICA foi considerado na pesquisa.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Mulheres com bumbum grande são mais inteligentes e vivem mais, diz estudo

Deixe o seu comentário