A formação de pastores evangélicos no combate ao racismo e à intolerância religiosa é destaque em reunião na Sepromi

gele

Publicado no Geledés

A formação de pastores evangélicos no combate ao racismo e à intolerância religiosa foi destaque em encontro de representantes do Coletivo Martin Luther King com a secretária estadual de Promoção da Igualdade Racial do Estado (Sepromi), Vera Lúcia Barbosa, nesta terça-feira (03), na sede da pasta, em Salvador.

Os participantes discutiram ainda sobre editais, possibilidades de parcerias para curso direcionado a líderes afrodescendentes e realização de evento pela passagem do Dia Estadual Reverendo Martin Luther King Jr. (4 de abril), que foi instituído pela Lei nº 12.951 em fevereiro do ano passado.

Segundo o coordenador-geral do Coletivo, Ademir Santos, o objetivo da atividade é informar as pessoas sobre a influência do ativista na luta pela igualdade racial e debater assuntos relacionados aos direitos humanos, etnia e raça.

“Este espaço não pode ser intitulado de crença A ou B. Nós, negros e negras, estamos em todos os lugares e nossas ações precisam refletir essa diversidade”, afirmou a gestora ao colocar a Sepromi à disposição não apenas para o segmento, mas a qualquer organização da sociedade civil que precisar.

dica do Caio César Marçal

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for A formação de pastores evangélicos no combate ao racismo e à intolerância religiosa é destaque em reunião na Sepromi

Deixe o seu comentário