Romero Britto abre processo contra Apple

romero brito apple

Publicado no Olhar Digital

O artista brasileiro Romero Britto abriu um processo contra a Apple e a empresa de design Craig & Karl devido ao uso de uma arte muito semelhante à que o deixou mundialmente famoso em uma campanha que foi ao ar na época da virada de 2014 para 2015.

Na ação, que curiosamente se chama “Crie algo novo”, a companhia destacava artes feitas com o uso de aplicativos para iOS. A que irritou Romero Britto foi desenvolvida com um iPad Air 2 e está disponível em uma página especial.

romero brito II

O traço e os preenchimentos usados pelos designers Creig Redman, de Nova York, e Karl Maier, de Londres, lembram tanto as criações de Britto que o brasileiro chegou a ser erroneamente parabenizado por ter fechado negócio com a Apple.

O erro era reforçado pelo fato de que Britto costuma licenciar sua arte para o desenvolvimento de uma infinidade de produtos.

Antes do processo, o escritório do brasileiro – que há anos vive em Miami – entrou em contato com a Apple pedindo que a empresa parasse de usar o trabalho da Craig & Karl na campanha, mas não obteve retorno.

Os advogados do artista acusam a companhia de usar o trabalho de uma dupla que, segundo eles, se apropriam sistematicamente a criação de Britto para alavancar suas carreiras negociando às custas do “carinho” que o consumidor tem pela arte do brasileiro.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Romero Britto abre processo contra Apple

Deixe o seu comentário