Pesquisa revela que mais de 42% dos usuários do Tinder são comprometidos

tinder1

Wendy Candido, no Virgula

Quando o Tinder nasceu, a ideia do app era bastante simples: promover o encontro entre duas pessoas solteiras. Entretanto, segundo uma pesquisa, o aplicativo está sendo usado para outras finalidades, já que cerca de 42% dos usuários estão comprometidos.

A GlobalwebIndex (GWI), responsável pelo estudo, constatou que entre os 47 mil usuários do mundo inteiro, 30% são casados e 12% estão em um relacionamento sério. Do restante, 54% são solteiros e 3% são viúvos ou divorciados.

Mas isso não é motivo para julgar estes usuários, pois muitos deles podem estar em um relacionamento aberto, ter começado um namoro há pouco tempo (e ainda não excluíram o Tinder) ou só dando uma olhadinha.

O Tinder não gostou nada da pesquisa e na sexta-feira (8), divulgou um comunicado oficial avisando que os dados da análise são imprecisos.

“Os resultados desse pequeno estudo realizado com 681 pessoas no Reino Unido é uma descrição totalmente imprecisa da base de usuários do Tinder – essa empresa está fazendo suposições sem ter acesso algum aos dados reais dos nossos milhões de usuários em todo o mundo. A maior faixa etária no Tinder, representando mais da metade de toda nossa base de usuários, é de 18-24 anos, e mais de 93% nunca foram casados, de acordo com o Instituto Nacional de Estatísticas do Reino Unido. Sem revelar dados dos nossos usuários, a simples lógica deveria mostrar que é simplesmente impossível que qualquer afirmação feita por terceiros seja verdadeira. A sua metodologia parece fundamentalmente falha”, explicou.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Pesquisa revela que mais de 42% dos usuários do Tinder são comprometidos

Deixe o seu comentário