“Ele é ateu e eu, evangélica”: conheça casais diferentes, mas apaixonados

Adriana Santiago, 43, é casada com Rogério, 40, há 19 anos. Ela é evangélica e ele é ateu.  (foto: Adriana Santiago/Via WhatsApp)

Adriana Santiago, 43, é casada com Rogério, 40, há 19 anos. Ela é evangélica e ele é ateu. (foto: Adriana Santiago/Via WhatsApp)

Publicado no UOL

A gaúcha Adriana Santiago, 43, secretária em uma empresa de engenharia sanitária e ambiental, começou sua história de amor com o bancário Rogério, 40, em uma viagem escolar, há 19 anos. Foram longas 36 horas de ônibus, de Florianópolis, onde moravam, até Goiânia. Tempo suficiente para se conhecerem bem e decidirem engatar um namoro, que resultaria em casamento e dois filhos.

Uma história natural se não fosse por um detalhe inusitado: ela é evangélica e ele é ateu. “Quando soube que ele era ateu levei um baque, pensei: ‘isso vai totalmente contra os meus princípios’, achei que não daria certo”, diz Adriana. “E ele é ateu convicto mesmo, lê muito sobre o assunto, nunca falou na vida ‘ai meu deus’, nadinha”, completa.

Rogério, que além de ateu, é filiado ao PSTU e tem como livro de cabeceira “O Capital”, do filósofo alemão Karl Marx, também estranhou, em um primeiro momento, as preferências religiosas daquela que viria a ser sua esposa e mãe de seus filhos. O amor e o respeito, porém, ressalta Adriana, falariam mais alto, e seriam, desde então, os alicerces do relacionamento do casal.

E os filhos? Seguiriam os passos de quem? “O mais novo vai à igreja comigo e o mais velho aceita mais os ideais do pai”, afirma. Leia mais

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for “Ele é ateu e eu, evangélica”: conheça casais diferentes, mas apaixonados

Deixe o seu comentário