#ChegaDeSilêncio – 104 histórias de gente que sofreu assédio e/ou abuso sexual

chegaabuso

Publicado na Superinteressante

A reportagem de capa da SUPER deste mês trata de um assunto espinhoso e pouco discutido: estupro.

No dia primeiro de julho, publicamos em nossa página do Facebook cinco imagens combatendo a quietude do tema, juntamente com os dois primeiros parágrafos da matéria. A história de Lucineide S., uma cabeleireira de Guarulhos, comoveu nossos fãs. Você pode ler aqui.

Uma pessoa ficou especialmente tocada pelo assunto e compartilhou sua história em detalhes, revelando publicamente que foi vítima de estupro. O relato dela chamou a nossa atenção, e pedimos que entrasse em contato conosco por mensagem privada. Queríamos continuar a conversa sem expô-la.

Depois desse pedido, dezenas de outros leitores também nos enviaram sua histórias pela rede social. Entre quarta-feira e domingo, recebemos 104 mensagens, sendo 70 delas denunciando assédio e/ou abuso sexual. Reproduzimos todas abaixo integralmente, apenas omitindo os nomes das vítimas.

Se você também acredita que o estupro deve ser discutido abertamente, junte-se a nós.
#ChegaDeSilêncio

1. abu12. abu23. abu34. abu45. abu5Continue a leitura dos relatos aqui.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for #ChegaDeSilêncio – 104 histórias de gente que sofreu assédio e/ou abuso sexual

1 Comentário

  1. vanessa disse:

    Oi hoje tenho 24 anos e só mas uma vitima de abuso como tantas outras que ainda existe minhas lembranças sao vagas mas não tem um dia sem que eu min lenbre do que aconteceu
    Ate hoje ninguém da minha familia sabe que aconteceu comigo pois eu era so uma criança de 3 ou 4 anos nao min lembro bem mas tudo acontecia.na creche
    Onde minha mae min deixava todos os dias a dona da creche saia e deichava todas as crianças com uma subrinha dela que abusava de min e outras crianças pois e uma mulher abusava de meninas pequenas e indefesa isso marco minha vida para sempre pois tive uma adolescência perturbada min casei aos 13 anos com um homem de 25 o qual estou ate hoje tenho 2 filhos qual eu não consigo deixa com ninguém poi perdiba confiança nas pessoas pessoas que não divugem nada ao meu respeito pois ninguém sabe disso anão ser eu

Deixe o seu comentário