Após carrocinha queimada, Bombeiro arrecada R$ 2 mil e ajuda pipoqueiro

bombeiro

Publicado no Razões para Acreditar

Todo dia, Marcos Anchieta Bucedi, de 47 anos, ia ao bairro Freguesia, na Zona Oeste do Rio vender pipoca.

Pai de dois filhos e casado com uma cadeirante, ele sustentava a todos honestamente com sua carrocinha que, no final de abril, pegou fogo e o deixou sem nada.

“Eu estava me preparando para começar a fazer uma pipoca, já estava com fogo aceso e de repente a mangueira do bujão [de gás] acho que estourou, aí o fogo estava aceso, o gás vazou e deu aquela explosão. Foi fogo pra tudo quanto é lado, aí não teve como fazer nada”, contou em entrevista ao G1.

O primeiro bombeiro a chegar ao local e socorrê-lo foi Elton Vaz Pereira, do Quartel de Jacarepaguá. “Tava passando pelo bairro, vi a barraca pegando fogo e me sensibilizei com aquele evento, só que na hora eu não pude fazer nada porque não tinha extintor, não tinha nada perto. Só afastei o pessoal e chamei o socorro”.

Após algumas semanas do ocorrido, Pereira ficou sabendo que Marcos ainda estava sem trabalho e numa situação difícil. “Eu resolvi ajudar o Marcos porque a gente vê tanta desgraça hoje em dia, ninguém ajudando ninguém. Como a barraquinha dele pegou fogo, eu decidi mobilizar o pessoal do grupo que a gente tem de Jacarepaguá, pra ajudar ele. Então arrecadamos esse dinheiro pra ele montar outra barraquinha e voltar a trabalhar”.

Com o dinheiro em mãos, o bombeiro voltou ao local do incêndio e surpreendeu o pipoqueiro com uma nova oportunidade, mostrando que vale a pena sim ser honesto e ganhar a vida corretamente, que nossos atos voltam para nós.

“Espero dele um sorriso, uma expressão de alegria, e que ele continue a vida ganhando o pão de cada dia”, disse Pereira.

Assista ao vídeo dessa história:

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Após carrocinha queimada, Bombeiro arrecada R$ 2 mil e ajuda pipoqueiro

Deixe o seu comentário