Hotel na Itália é gerenciado apenas por jovens com síndrome de Down

Funcionários de hotel na Itália são portadores de síndrome de Down (foto: Divulgação)

Funcionários de hotel na Itália são portadores de síndrome de Down (foto: Divulgação)

Publicado no Extra

Um hotel localizado na província de Asti, na Itália, vem chamando atenção por possuir em seu quadro de funcionários apenas pessoas com Síndrome de Down. A ideia de abrir um estabelecimento com este perfil é da Ong “Associazione Albergo Etico” que busca dar oportunidade de trabalho àqueles com a síndrome.

O hotel três estrelas, que leva o mesmo nome da fundação, foi inaugurado há um mês e dentro de um ano espera converter-se em um de quatro estrelas. O Albergo Etico está localizado no centro da cidade, perto do ‘Parque della Resistenza’, um jardim que fica perto da tradicional Piazza Alfieri.

O local é composto por 26 quartos com um total de 60 camas, além de um restaurante com capacidade para 50 pessoas, um jardim e um espaço de coworking (espécie de ambiente de trabalho compartilhado) aberto para clientes e moradores da cidade. O preço individual para acomodação é a partir de € 70 (ou equivalente a R$ 280).

O projeto surgiu depois que um jovem, identificado apenas como Nicolás, com Síndrome de Down, realizou um estágio no restaurante Tacabanda, também em Asti. A experiência dele e de outros colegas ajudou na criação da iniciativa para aumentar cada vez o espaço no mercado de trabalho a quem possui a síndrome. O objetivo é ajudá-los a conquistar autonomia, aprendendo a viver sozinhos, gerenciar suas contas e trabalhar em grupo.

Jovem com síndrome de Down atende cliente em hotel na Itália (foto: Divulgação)

Jovem com síndrome de Down atende cliente em hotel na Itália (foto: Divulgação)

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Hotel na Itália é gerenciado apenas por jovens com síndrome de Down

Deixe o seu comentário