Estudo sugere a idade perfeita para se casar

Especialista analisou dados da Pesquisa Nacional de Crescimento Familiar dos EUA de 2006-2010 e 2011-2013

Para cada ano depois dos cerca de 32, a chance de divórcio sobe em torno de 5% - Reprodução/Pixabay

Para cada ano depois dos cerca de 32, a chance de divórcio sobe em torno de 5% – Reprodução/Pixabay

Publicado em O Globo

Um novo estudo sugere que as pessoas devem se casar entre os 28 e 32 anos se não quiserem se divorciar, pelo menos nos primeiros cinco anos. O levantamento foi feito por Nick Wolfinger, um sociólogo da Universidade de Utah, nos Estados Unidos, e publicado pelo Instituto de Estudos da Família. Para chegar ao resultado, o especialista analisou dados da Pesquisa Nacional de Crescimento Familiar de 2006-2010 e 2011-2013. Este é um novo desenvolvimento, uma vez que sociólogos anteriormente acreditavam que esperar mais tempo para trocar votos geralmente levava a uma maior estabilidade.

“As chances de divórcio declinam quando uma pessoa sai da adolescência para seus vinte e tantos e trinta e poucos anos”, escreve ele. “Depois disso, as chances de divórcio sobem novamente nos seus trinta e tantos e quarenta e poucos anos.”

Para cada ano depois dos cerca de 32, a chance de divórcio sobe em torno de 5%, diz o estudo. Há muitas razões pelas quais o fim dos 20/início dos 30 anos faria sentido como uma boa hora para começar uma parceria ao longo da vida com alguém: as pessoas têm idade suficiente para entender se realmente querem conviver com alguém ou se estão apenas cegas por hormônios. Segundo o estudo, elas já fizeram escolhas de vida significativas e assumiram algumas responsabilidades, além de que podem ser financeiramente capazes de apoiar alguém em caso de necessidade.

Por outro lado, elas não têm tantas “manias”, permitindo pequenos ajustes nos hábitos e estilo de vida que o casamento requer. Provavelmente também não têm ex-cônjuges ou filhos com os quais tem que dividir o seu tempo, seus recursos e sua lealdade, de acordo com a análise.

Wolfinger diz que a curva persiste “mesmo após controle para sexo, raça, estrutura familiar de origem, idade no momento da pesquisa, educação, tradição religiosa, prática religiosa e história sexual, bem como o tamanho da área metropolitana que os entrevistados vivem”.

MEDIÇÃO DIFÍCIL

Outros sociólogos levantaram dúvidas sobre a análise. A Universidade de Maryland de Phillip Cohen uou um conjunto diferente de dados, a partir da Pesquisa Americana de Comunidade para dizer que ficar mais velho não significa que seu casamento tenha menos chance de sobrevivência. De acordo com sua análise, a idade perfeita para se casar se você não quer se divorciar é de 45 a 49.

A verdade é: o divórcio é um padrão social difícil de medir. Muitos estados se recusam a recolher dados sobre ele. E uma vez que um número crescente de pessoas estão optando por apenas viver junto, sem formalização, contar divórcio está se tornando uma forma menos útil de medir o relacionamento familiar.

Comentários

Este QR-Code permite acessar o artigo pelo celular. QR Code for Estudo sugere a idade perfeita para se casar

Deixe o seu comentário